Ricciardo diz que Verstappen “amadureceu muito” em 2017 e que já demonstra “um pouco mais” de respeito pelos rivais

Daniel Ricciardo entende que ter uma disputa com Max Verstappen é um “bom problema”. O australiano ressaltou que o jovem holandês “amadureceu muito” na temporada passada e que agora também demonstra mais respeito pelos rivais

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Daniel Ricciardo fez um balanço da temporada passada e reconheceu que Max Verstappen "amadureceu muito" e que agora mostra mais respeito pelos rivais. O australiano terminou o campeonato de 2017 com 32 pontos de vantagem para o holandês, que sofreu mais abandonos ao longo do ano devido, especialmente, à falta de confiabilidade do conjunto Red Bull-Renault.

 
Os dois viveram apenas um grande incidente nesta temporada, quando Verstappen bateu em Ricciardo na primeira volta do GP da Hungria. Apesar do toque, ambos se entenderam depois que Max se desculpou e assumiu a culpa pelo acidente, que tirou o #3 da corrida. Ainda assim, Ricciardo elogiou a postura do colega de time.
Riccardo vê Verstappen mais maduro (Foto: Red Bull Content Pool)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

"O que aconteceu em Budapeste foi um teste", disse Ricciardo à revista inglesa 'Autosport'. "Felizmente, ele lidou bem com tudo e pediu desculpas. Fez o que preciso fazer. Então, sinto que há um respeito entre nós. Max amadureceu muito neste ano, dentro e fora da pista", completou.

 
"Na pista, ele foi mais sensato. Ele estava sob mais pressão do que no passado. E acho que agora ele também respeita os concorrentes um pouco mais", emendou Daniel, acrescentando que não teria problema em se envolver em uma disputa roda a roda com Max.
 
"Nós corremos assim. Se essas coisas acontecerem, nós vamos encontrar uma maneira de lidar com isso, mas continuo achando que é um bom problema para se ter. As corridas que ele venceu neste ano, eu reconheci que ele foi um piloto melhor no fim de semana, e é isso. Se começar a dizer que é por causa disso ou daquilo, aí você cria problemas. Agora se vocês for honesto, reconhece que ele foi melhor e tentar encontrar uma forma de evitar que isso aconteça novamente", concluiu.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube