Ricciardo põe Ferrari e Mercedes à frente, adota cautela e diz que não espera lutar pelo título em 2017

Daniel Ricciardo entende que, neste primeiro momento da temporada 2017, a Red Bull larga atrás e da Mercedes. Correndo em casa neste fim de semana na Austrália, o sorridente piloto procura ser cauteloso sobre suas chances de título. Sobre a relação com Max Verstappen, Ricciardo destacou a união entre os dois para levar novamente a Red Bull ao topo da F1

 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

O fim de semana do GP da Austrália é especial não apenas para a F1 por representar a abertura da temporada 2017, mas também para Daniel Ricciardo por ser a sua corrida em casa. Entretanto, o australiano começa seu quarto ano correndo pela Red Bull com um discurso bem cauteloso sobre suas chances de título. Por enxergar neste momento as rivais Ferrari e Mercedes à frente da equipe taurina, Ricciardo acredita que, neste momento, não espera lutar pelo título da temporada.

 
Em entrevista coletiva depois de participar de uma corrida de barco ao lado do seu companheiro de equipe Max Verstappen na tarde desta quarta-feira (22) em Melbourne, Ricciardo enxerga a Red Bull como a terceira força da F1 depois dos testes de pré-temporada. Por isso prefere ser cauteloso sobre suas esperanças de lutar pelo título, seu maior objetivo no Mundial. Porém, nada que possa tirar o sorriso do australiano.
 
“Espero que nós possamos estar lá também, mas é difícil saber. Os testes nunca mostram uma imagem clara, mas espero que Ferrari e Mercedes sejam rápidas”, explicou Ricciardo.

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 3
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

Daniel Ricciardo nesta quarta-feira em Melbourne (Foto: Red Bull Content Pool)
“No ano passado não conquistei o título e ainda assim fui muito feliz. Conquistei minha primeira pole e voltei ao topo do pódio. Se eu estiver ao meu melhor vou estar feliz neste ano e vou estar muito feliz com o título mundial. Minha meta é ser campeão mundial e vou fazer o que puder para fazer com que isso aconteça neste ano, mas não estou esperando por isso”, comentou o dono do carro #3.
 
Ao falar sobre a relação com seu companheiro de equipe, Max Verstappen, a esperança de Ricciardo é que ambos possam trabalhar juntos e bem para levar novamente a Red Bull ao topo da F1. 
Ricciardo e Verstappen disputaram uma corrida de barco nesta quarta-feira em Melbourne (Foto: Red Bull Content Pool)
“Nós obviamente tentamos nos manter da forma mais amigável e profissional possível. Nós dois queremos vencer e bater um ao outro, não há como negar isso. Mas ao mesmo tempo nós temos uma equipe que está tentando construir carros rápidos, e eles confiam em nós, não apenas para acelerar, mas para dar o feedback e impulsionar a tecnologia do carro”, disse.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

“Duas cabeças pensam melhor que uma e nós entendemos que nós apenas vamos nos ajudar a nós mesmos se ajudarmos um ao outro porque então o carro vai ser mais rápido e vai nos dar uma maior chance de vencer”, finalizou.

 
O GRANDE PRÊMIO transmite todas as atividades do GP da Austrália de F1 neste fim de semana. Acompanhe tudo AO VIVO e em TEMPO REAL, com a estreia do livetiming.
 

PADDOCK GP #70 FAZ PRÉVIA DE ABERTURA DAS TEMPORADAS DE F1 E MOTOGP E LEMBRA PACE

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube