Ricciardo revela que se sentiu “tentado” a guiar carro da Mercedes, mas garante: “Estou bem na Red Bull”

Em entrevista ao site oficial da F1, Daniel Ricciardo não escondeu que se sentiu tentado a pelo menos guiar o carro da escuderia tricampeão do mundo, mas garantiu que se sente feliz e cada vez mais esperançoso em lutar pelo título na Red Bull. O australiano disse que a dupla que forma com Max Verstappen é a melhor do grid

 

A notícia surpreendente da aposentadoria de Nico Rosberg, apenas cinco dias depois de o alemão ter conquistado o título mundial da F1, caiu como uma bomba no mundo do esporte. Isso porque abria-se ali a vaga mais cobiçada do grid, na melhor equipe dos últimos anos. Até mesmo Daniel Ricciardo, que tem contrato com a Red Bull até 2018, se mostrou tentado em pelo menos ter guiado o carro prateado. Mas depois de ver a decisão da escuderia de Brackley em contar com Valtteri Bottas no lugar de Rosberg, o sorriso mais famoso da F1 é claro: “Estou bem onde estou: na Red Bull”, disse, em entrevista ao site oficial da F1 publicada nesta segunda-feira (30).

 
“A Mercedes acabou ficando em uma posição maluca. Tenho certeza de que todo piloto ligou ou pensou em ligar para Toto e Niki. Vai ser interessante ver como eles vão evoluir, e agora Bottas tem um grande desafio. Vamos ver como ele vai se sair. Para mim, estou bem onde estou: na Red Bull”, salientou.
 
Quando questionado sobre a possibilidade de guiar pela Mercedes, Ricciardo falou que pelo menos foi tentado, mas que nada passou disso. “Tentador, com certeza, ter a sensação de como aquele carro funciona. Mas 2017 é um novo ano e estou esperançoso de que meu carro agora vai lutar pelo título”, afirmou o piloto, com muitas esperanças em finalmente lutar de igual para igual contra Lewis Hamilton. O oceânico avisou que o tricampeão do mundo não terá vida fácil em 2017.

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

Ricciardo acredita que, se a Red Bull evoluir, então terá condições de lutar contra a Mercedes em 2017 (Foto: Red Bull Content Pool)
“Acho que nós vamos poder desafiar, sim. Se nós conseguirmos as mesmas melhorias que fizemos no ano passado, ele não vai ter nada fácil, acredite em mim”, pediu.
 
Daniel garante, ainda mais agora com a aposentadoria de Rosberg, que a Red Bull, com ele e Max Verstappen, tem de longe a melhor dupla de pilotos do grid. “Eu acho realmente que nós temos, sim. Agora. Não tenho certeza de qual é a segunda melhor dupla. Não ligo muito para isso [risos]”.
 
A expectativa do australiano está também sobre como os novos carros vão se desempenhar. Ricciardo acredita que as corridas também vão ficar mais empolgantes com o novo regulamento técnico e também com uma flexibilidade maior nas regras da F1 no que diz respeito às disputas envolvendo os pilotos.
 
“Espero que isso fique cada vez melhor ao longo da temporada porque, a partir de Melbourne, nós vamos poder correr contra os outros sem as punições que pairavam sobre nossas mentes durante todo o tempo. Vou tentar fazer meu melhor para manter [a F1] empolgante para os fãs”, afirmou.
A Red Bull tem a melhor dupla de pilotos da F1, acredita Ricciardo (Foto: Red Bull Content Pool)
Por fim, quando perguntado sobre o desempenho dos novos carros, uma vez que chegou a fazer testes com os novos pneus, Ricciardo entende que ainda é difícil ter uma conclusão mais clara.
 
“Foi muito difícil avaliar. Claro, senti mais aderência com os pneus maiores, mas o carro era um tipo híbrido, então não te dá a noção real do que será o carro de 2017. Mas os pneus parecem bem divertidos, então espero boas coisas quando estivermos na pista em Barcelona. Com base no que vimos no simulador, vai ser um grande desafio. Mas Barcelona vai mostrar a realidade”, finalizou o #3 da Red Bull.
 
ECCLESTONE FORA DA F1: DISCUSSÃO QUENTE NO PADDOCK GP

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)<0?n+="px":n,cc.style.display="",s2.width=n,window.frameElement&&(s1.height=c2.offsetHeight+5+"px"),t=500,s1.width="100%"}rs(t)},200)}var c1=window.frameElement?window.frameElement:document.getElementById("crt_ftr"),c2=document.getElementById("crt_ftr"),s1=c1.style;s1.position="fixed",s1.bottom="-4px",s1.left="0px",window.frameElement&&(s1.height="0"),c2.style.textAlign="center",s1.zIndex="60000";var cc=document.getElementById("crt_cls"),s2=cc.parentNode.style;cc.onclick=function(){s1.display="none"};var t=0;rs(0);

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth < 970) ? 302357 : 302359;
document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube