Sainz destaca dia de testes sem problemas em Barcelona e vê McLaren “melhor preparada neste ano”

Carlos Sainz se mostrou satisfeito com o primeiro dia de testes da McLaren em Barcelona. E acha que a equipe chegou melhor preparada para a pré-temporada. O espanhol cravou a segunda melhor marca do dia e ficou atrás apenas de Sebastian Vettel

Carlos Sainz terminou seu primeiro dia do trabalho com a bordo do novo carro da McLaren com sensações positivas. O piloto espanhol cravou o segundo melhor tempo do dia em 1min18s558 – apenas ele e Sebastian Vettel, o mais rápido na Catalunha, viraram marcas na casa de 1min18s. Além disso, Sainz completou 119 voltas e não enfrentou qualquer falha mecânica. Nos últimos anos, a equipe inglesa vinha enfrentando diversos problemas técnicos, o que sempre provocou atrasos no desenvolvimento do carro. 
 
“Eu já vi o trabalho que foi feito em Woking e a preparação até chegar aqui. Parece que este ano chegamos melhor preparados aos testes e a recompensa veio em forma de quilometragem”, afirmou Carlos, que ganhou a missão de substituir Fernando Alonso na esquadra britânica. 
 
Sainz já havia tido a primeira experiência com a McLaren, no fim do ano passado, quando andou em Abu Dhabi. A comparação agora parece difícil de fazer “A última vez que eu testei o carro eu andei por mais de 100 voltas. Mas aqui muda tudo, são dez graus de diferença. O asfalto muda muito, e mudou também do que foi no ano passado”, explicou aos jornalistas, incluindo o GRANDE PRÊMIO
 
Carlos Sainz (Foto: McLaren)

O dia foi tão proveitoso para o espanhol e a própria equipe inglesa que já foi possível identificar onde melhorar. “Eu sei perfeitamente quais são os pontos fortes e os fracos do carro. Eu sei o que quero que a equipe faça amanhã, o que o Lando precisa testar. Acho que podemos melhorar pouco a pouco”, prosseguiu.

 
Na sessão da tarde, Carlos chegou a causar uma bandeira vermelha, depois que ficou parado no fim do pit-lane. O espanhol explicou que decidiu parar o carro após identificar um problema de montagem. “Foi um susto. Identificamos rapidamente que foi um erro da montagem do carro durante na pausa do almoço. Resolvemos e tudo funcionou”, completou o #55.
 
Por fim, Sainz falou sobre o início do vínculo com a McLaren. “Tudo é novo para mim. Tive sensações com o carro que jamais tive antes e tenho muito de aprender e me adaptar. As sensações são relativamente boas, sem nenhum problema, coisas que no primeiro dia sempre podem ocorrer e hoje não ocorreram”, concluiu.
 
O novato Lando Norris assume o carro inglês nesta terça-feira.

GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ a pré-temporada da F1 em Barcelona com os repórteres Evelyn Guimarães, Vitor Fazio, Eric Calduch e o fotógrafo Xavi Bonilla. Acompanhe tudo aqui.

#GALERIA(9658)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube