Sainz diz que novos carros “parecem de outra categoria” após mudança de regulamento: “Muito mais velocidade”

Os carros mais velozes da F1 agradaram Sainz. O espanhol se sente em “outra categoria” ao pilotar carros que conseguem desenvolver mais velocidade nas curvas. Mas o desempenho da Toro Rosso, oitava melhor, ficou devendo

Carlos Sainz Jr. teve seu primeiro grande contato com os novos carros da F1 nesta segunda-feira (27). No início da pré-temporada em Barcelona, Sainz pilotou a Toro Rosso. E gostou do que viu: nas palavras do espanhol, o STR12 ganhou tanta velocidade em relação aos antecessores que parece ser de uma categoria diferente.
 
“Parece outra categoria. É muito parecido em termos de dirigibilidade, mas tem muito mais velocidade nas curvas” explicou Sainz, em entrevista acompanhada pelo GRANDE PRÊMIO. “Para mim é como se eu estivesse pilotando uma Toro Rosso de 2016 com mais asa e mais velocidade nas curvas. Estou aproveitando muito mais. Eu acelerei, mas ainda não temos algumas coisas no carro. Algumas coisas ficam faltando e você não consegue descobrir o verdadeiro limite do carro”, seguiu.
Carlos Sainz Jr. (Foto: Peter Fox)
Sainz gostou do carro, mas não teve resultados muito chamativos. O espanhol foi o oitavo mais veloz, 2s7 atrás do tempo registrado por Lewis Hamilton. A Toro Rosso também ficou devendo na quilometragem: problemas com o chassi significaram que a equipe só deu 51 voltas – menos da metade do que Mercedes e Ferrari alcançaram.
 
“Foi um primeiro dia interessante. Pela sensação pude perceber que meu carro deu um passo adiante em relação ao ano passado. Claro que gostaríamos de andar mais voltas como as equipes de ponta, mas primeiro dia de testes é assim. Você não pode se comparar com Mercedes ou Ferrari”, analisou.
 
“A gente queria dar mais voltas do que demos, é verdade que tivemos alguns problemas com o carro, problemas que fomos resolvendo ao longo do dia. Mas de certa forma sabíamos que esse tipo de coisa seria normal, que não daria para completar tantas voltas assim”, finalizou.
 
O GRANDE PRÊMIO acompanha ‘in loco’ a primeira sessão de pré-temporada em Barcelona com os repórteres Thiago Arantes e Evelyn Guimarães e o fotógrafo Arnau Puig.
 

#GALERIA(6941)
PADDOCK GP #66 RECEBE LUCAS DI GRASSI, DEBATE F-E E NOVOS CARROS DA F1

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)<0?n+="px":n,cc.style.display="",s2.width=n,window.frameElement&&(s1.height=c2.offsetHeight+5+"px"),t=500,s1.width="100%"}rs(t)},200)}var c1=window.frameElement?window.frameElement:document.getElementById("crt_ftr"),c2=document.getElementById("crt_ftr"),s1=c1.style;s1.position="fixed",s1.bottom="-4px",s1.left="0px",window.frameElement&&(s1.height="0"),c2.style.textAlign="center",s1.zIndex="60000";var cc=document.getElementById("crt_cls"),s2=cc.parentNode.style;cc.onclick=function(){s1.display="none"};var t=0;rs(0);

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth < 970) ? 302357 : 302359;
document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube