Sauber cita “nova direção” no C44, mas alerta: “Não significa resultados imediatos”

Diretor-administrativo do grupo Sauber, Alessandro Alunni Bravi afirmou que a equipe “deu um passo à frente” em relação ao desenvolvimento do carro e que espera alcançar “um novo público” através de sua nova identidade

A Sauber apresentou o carro para a temporada 2024 nesta segunda-feira (5), durante luxuoso evento realizado na cidade de Londres, no Reino Unido. O novo bólido recebeu o nome de C44 e, com ele, a equipe suíça espera alcançar um resultado melhor do que a nona colocação no Mundial de Construtores do ano passado. Alessandro Alunni Bravi, chefe do time, comentou sobre as mudanças feitas pela equipe técnica na fábrica em Hinwil, e também sobre o impacto da nova identidade.

De acordo com Bravi, a Sauber trabalhou muito nos últimos meses em um projeto que vai muito além de uma mudança visual.

Relacionadas


“Estar no início desta nova era não significa que obteremos um melhor desempenho imediatamente. Tudo o que fizemos durante este inverno [no Hemisfério norte], no entanto, nos deixa otimistas de que podemos dar um passo à frente”, começou o italiano.

O diretor-técnico James Key retornou à Hinwil em setembro de 2023 e, de acordo com Bravi, o engenheiro britânico teve um papel fundamental no desenvolvimento do C44.

“Temos trabalhado arduamente sob a direção do nosso novo diretor-técnico, James Key, para desenvolver o nosso projeto e o nosso carro em todas as áreas. Precisamos tomar decisões mais extremas na tentativa de melhorar em cada detalhe”, admitiu. “O novo grupo técnico deu um passo à frente. Ao mesmo tempo, porém, somos realistas: precisamos ver o que nossos adversários fizeram durante a intertemporada”, continuou.

“Sabemos que melhoramos e em breve veremos se essa melhoria é suficiente para disputar uma posição melhor. Temos trabalhado muito e continuaremos trabalhando duro para melhorar as estruturas de nossa equipe, o carro e todas as ferramentas à nossa disposição”, destacou.

A Sauber apresentou o C44 para a disputa da temporada 2024 (Foto: Reprodução)

Dentre as novas pinturas que serão apresentadas ao longo deste mês de fevereiro, a Sauber provavelmente trouxe a maior revolução. A paleta de cores do time mudou completamente, principalmente por causa da nova patrocinadora máster, a Stake. A empresa de cassino online dará nome à equipe durante as temporadas 2024 e 2025, antes de a Audi assumir completamente o controle das operações.

“Há uma nova identidade para a nossa equipe, pois entramos [no Mundial de Construtores] como Stake F1 Team. Vimos muitas mudanças, o que torna esta era uma época muito emocionante para nós”, disse Bravi. “Essa parceria nos ajudará a alcançar um novo público e a expandir nossa base de fãs. Também nos dá uma maneira de ter uma abordagem inovadora na forma como nos comunicamos”, frisou.

Porém, o diretor-administrativo ressaltou que as maiores mudanças não aconteceram nas cores do C44, mas no trabalho de desenvolvimento realizado na fábrica. “Há mudanças em outras áreas”, advertiu. “Estamos desenvolvendo a nossa estrutura, reforçando o nosso pessoal, e isso implica que o trabalho está em curso em Hinwil em todas as áreas. É uma nova era emocionante para nossa equipe”, comemorou Alessandro.

“Os próximos dois anos verão nossa equipe passar por um grande processo de transformação até 2026, quando nos tornaremos a equipe de fábrica da Audi. Nosso foco, porém, está no aqui e no agora. Sabemos que é importante lançar as bases da nossa equipe todos os dias. É por isso que estamos trabalhando arduamente para melhorar todas as áreas da nossa organização, sob a liderança do [CEO] Andreas Seidl“, afirmou o homem forte da Sauber.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Mesmo com tantas mudanças, Alunni Bravi preferiu manter os dois pés no chão e não traçou nenhum objetivo ousado para a temporada que vai iniciar no dia 2 de março, no Bahrein.

“Não podemos falar de metas específicas, porque é sempre difícil nos comprometer com números. Nossos objetivos são claros: melhorar o desempenho do nosso carro e do nosso pacote. Por pacote, quero dizer todas as áreas, desde a equipe de corrida até as operações na pista: as paradas nos boxes, a estratégia, entre outros. É mais do que apenas o desempenho do carro, e estamos comprometidos em todos os departamentos para dar este passo. Este é o objetivo”, explicou.

“Acredito que fizemos um trabalho melhor em todos os aspectos, e também iremos desenvolver um estilo completamente diferente. Mas só veremos o que tudo isso vale no Bahrein. Fizemos o dever de casa, mas sabemos que a concorrência não ficou parada”, alertou.

Apesar das muitas mudanças internas e também no visual, a dupla de pilotos da Sauber para 2024 continuou a mesma das duas últimas temporadas: Valtteri Bottas e Guanyu Zhou.

“Vamos para a terceira temporada com os mesmos pilotos. A estabilidade é importante para o sucesso na F1, mesmo que este seja um novo começo. A nossa aparição com este carro verde e preto mostra como vamos nos destacar. Ele ficará ótimo, especialmente nas corridas noturnas”, completou.

Em 2023, a Sauber terminou apenas na nona colocação no Mundial de Construtores, com 16 pontos somados. Vivendo a expectativa da chegada da Audi em 2026, quando entra em vigor um novo regulamento na categoria, a equipe suíça esperar alçar voos maiores este ano.

Fórmula 1 retorna às pistas de 21 a 23 de fevereiro, com os testes coletivos da pré-temporada no Bahrein, no circuito de Sakhir.

🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra, Escanteio SP e Teleguiado.