Sem querer saber de férias, Verstappen fala com ansiedade sobre GP da Hungria: “Pode ser uma das nossas melhores corridas”

Às vésperas de uma pausa de quatro semanas que a F1 providenciará durante o verão europeu, Max Verstappen não quer saber de descanso. Ao contrário. Se tivesse como escolher, o adolescente holandês optaria por correr durante os fins de semana em que estará de férias. Por isso, sua ansiedade para disputar o GP da Hungria é grande, sobretudo por acreditar que o traçado de Hungaroring se adequará bem ao carro da Toro Rosso

Em seu primeiro ano como piloto de F1, Max Verstappen já demonstrou em algumas oportunidades que não vai medir esforços para se tornar um piloto de ponta. Aos 17 anos, o holandês já entrou para a história como o mais jovem a alinhar no grid de largada da categoria. Apaixonado pelo esporte, Verstappen já disse que prefere jantar com Bernie Ecclestone, o todo poderoso da F1, ao mesmo com uma linda mulher. Por isso, o piloto da Toro Rosso deixou claro que não quer saber de férias. Muito pelo contrário.

Depois do GP da Hungria, a categoria só volta à ativa em quatro semanas, com a disputa do GP da Bélgica. Uma pausa que, se dependesse de Verstappen, não aconteceria. Mas antes do descanso no verão europeu, Max terá pela frente sua estreia correndo de F1 em Hungaroring, onde acredita que a Toro Rosso poderá viver uma das suas melhores etapas na temporada.

Descanso? Max Verstappen quer saber é de acelerar sua STR10 (Foto: AP)

“Já corri em Hungaroring na F3 e é uma pista um pouco Mickey Mouse”, declarou o adolescente holandês ao descrever o traçado como muito sinuoso, uma das características de Hungaroring.

“Estou ansioso para correr lá com um carro de F1, acho que o circuito vai se adequar bem ao nosso carro e estou otimista sobre a chance de brigarmos por um bom resultado. Esta pode ser uma das nossas melhores corridas na temporada”, destacou o piloto, que soma dez pontos no Mundial e está atualmente em 14º lugar.

A posição de largada em Hungaroring é considerada vital por Verstappen. Porém, independente de onde vai iniciar a corrida, o jovem assegurou que vai manter a postura agressiva que vem caracterizando sua pilotagem em 2015. “A classificação vai ser uma chave no fim de semana, já que na Hungria é muito difícil ultrapassar durante a corrida. Porém, como sempre, vou fazer meu melhor e tentar ultrapassar em qualquer tempo tão logo eu tenha uma chance.”

E depois da jornada no circuito magiar, então o piloto terá tempo para descansar até à 11ª etapa do Mundial, o GP da Bélgica, marcado para 23 de agosto. Um descanso indesejado para Max. “Depois da corrida, teremos uma pausa no verão, mas não estou muito ansioso para isso. Preferiria ter outras três corridas nos três fins de semana de descanso”, concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube