Sette Câmara faz exibição com Red Bull do tri de Vettel e se torna brasileiro mais jovem a guiar carro de F1

Sergio Sette Câmara, brasileiro de 17 anos que faz parte do Red Bull Junior Team, programa de desenvolvimento de pilotos da equipe tetracampeã do mundo, vai ter a chance de pilotar o RB8 com o qual Sebastian Vettel faturou o tricampeonato da F1, em 2012. A exibição vai acontecer no fim de semana em Aragão, durante a abertura da Renault Sport Series

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Aos 17 anos, Sergio Sette Câmara está prestes a se tornar o brasileiro mais jovem a guiar um carro de F1. O piloto mineiro, que desde o fim do ano passado passou a integrar o Red Bull Junior Team, programa de desenvolvimento de pilotos da equipe tetracampeã mundial, vai ter a chance de guiar o RB8, carro com o qual Sebastian Vettel faturou o título da F1 em 2012. A apresentação vai acontecer no sábado e no domingo, durante a abertura da Renault Sport Series e da F-V8 3.5 no circuito de Motorland, em Aragão, na Espanha.

 
Antes da exibição de Sette Câmara em Motorland, o brasileiro mais jovem a ter a chance de guiar um carro de F1 foi Nelsinho Piquet que, no fim de 2003, fez um teste com a Williams, equipe com a qual o pai, Nelson Piquet, faturou seu terceiro título mundial, em 1987.

 

Sergio Sette Câmara vai guiar o Red Bull que foi de Vettel no fim de semana (Foto: Rudi Wyhlidal/Red Bull Content Pool)
Nesta temporada, Câmara entra no seu segundo ano na F3 Europeia. O brasileiro, que a partir de 2016 passou a contar com o patrocínio da petrolífera estatal Petrobras, está na disputa como piloto da Motopark. Entre os feitos de Câmara está a pole-position e o pódio no Masters de F3 em Zandvoort, na Holanda, além do recorde de volta no Circuito da Guia, histórico e desafiador palco do GP de Macau.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A Red Bull tem como praxe colocar seus jovens pilotos para acelerar em eventos da Renault, sua parceira até o ano passado e que, apesar de ainda fornecer motores, não estampa mais sua marca neste ano nos carros taurinos. Nomes como Daniel Ricciardo, Daniil Kvyat, Carlos Sainz, Sébastien Buemi e António Félix da Costa guiaram os carros da Red Bull durante os eventos da antiga World Series no fim de semana nos circuitos ao redor da Europa.

O RB8 foi o carro com o qual Vettel faturou o tricampeonato mundial, em 2012 (Foto: Red Bull/Getty Images)
Câmara é o primeiro brasileiro a ter a chance de guiar o carro taurino dentre os novos membros do Red Bull Junior Team, como o finlandês Niko Kari, seu companheiro de equipe na F3 Europeia, e Luis Leeds, piloto australiano. Outro competidor, que já faz parte do programa há algum tempo, é Pierre Gasly, prestes a iniciar sua segunda temporada na GP2 em 2016.
 
PADDOCK GP #24 FALA SOBRE F1, MOTOGP, INDY E STOCK

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube