F1

Sexto no grid do Bahrein, Magnussen ressalta chance de superar carro da Red Bull com “volta muito boa”

Kevin Magnussen consolidou a Haas como a quarta força do fim de semana do GP do Bahrein até agora. Porém, melhor do que ser ‘o melhor do resto’, o dinamarquês ressaltou a chance de superar um dos carros da Red Bull, no caso o de Pierre Gasly, para se colocar em sexto no grid em Sakhir

Grande Prêmio / Redação GP, de Sumaré
Kevin Magnussen foi um dos bons nomes do treino classificatório do GP do Bahrein, realizado na noite deste sábado (30) em Sakhir. Com sua melhor volta no Q3 em 1min28s757, o dinamarquês conseguiu colocar a Haas na sexta colocação, uma posição que seria naturalmente da Red Bull. Max Verstappen foi o quinto com tempo apenas 0s005 mais rápido que o de K-Mag, enquanto Pierre Gasly novamente foi mal, caiu no Q2 e vai largar somente em 13º lugar neste domingo.
 
Ao fim dos trabalhos de pista nesta noite no Bahrein, Magnussen festejou muito mais que a chance de ser o pole da chamada ‘F1 B’.
Kevin Magnussen também brilhou na classificação do GP do Bahrein de F1 (Foto: Haas)
“Ser o sexto é melhor do que ser ‘o melhor do resto’, então é muito bom conseguir superar a Red Bull. Não sei se eles fizeram um trabalho ruim ou não, mas estamos felizes. Isso é grande”, comemorou o dono do carro #20 da Haas.
 
“A classificação foi um passo a mais hoje. Sabia que tinha um bom carro e que não foi muito prejudicado ao longo das sessões, o que é um bom sinal. Na segunda tentativa no Q3, sabia que tinha de tirar algo da cartola, não sabia onde encontrar e não consegui melhorar, o que significa que a primeira foi muito boa”, comemorou.
 
Quando questionado, durante entrevista coletiva, sobre a posição dos carros da Renault, Magnussen reforçou a equipe francesa como a grande adversária da Haas e deixou claro que busca aproveitar o bom momento do time norte-americano e o grid ruim da rival para garantir bons pontos.
 
Enquanto Magnussen vai partir em sexto. Romain Grosjean, considerado culpado por ter bloqueado a McLaren de Lando Norris, perdeu três posições, caindo de oitavo para 11º no grid, perdendo as colocações para Kimi Räikkönen, da Alfa Romeo, o próprio Norris e Daniel Ricciardo. Já a outra Renault, de Nico Hülkenberg, sequer passou do Q1 e vai partir da 17ª posição.
 
“Temos de fazer um trabalho melhor amanhã e aproveitar a situação. Estivemos melhores na classificação agora e fizemos algumas mudanças, então vamos ver agora com os long-runs”, finalizou o dinamarquês.
 
A largada do GP do Bahrein acontece neste domingo (31), a partir de 12h10 (horário de Brasília)). O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.