Shopping, hotel e shows: os planos de Doria para Interlagos privada

Governador de São Paulo, João Doria conversou com jornalistas sobre o futuro de Interlagos. Além de buscar a permanência do circuito na Fórmula 1 até 2030, o político comentou os planos para o autódromo na iniciativa privada, que contam com hotel, shopping, centro comercial e mais shows

Governador de São Paulo, João Doria apareceu no paddock da Fórmula 1 em Interlagos e conversou com jornalistas horas antes da edição 2019 do GP do Brasil. O político afirmou o desejo de entregar ao autódromo para o setor privado, e espera que a corrida de 2020 seja realizada com a nova concessão.

Junto de Mauro Ricardo Costa, secretário de municipal, Doria falou que um programa de concessão é mais viável e mais positivo para o futuro de Interlagos, e com o edital já publicado, a expectativa é que o GP do Brasil de 2020 seja realizado já pelo setor privado. O prefeito comentou anteriormente do desejo de manter a corrida até 2030 em São Paulo.

“O autódromo de Interlagos será concedido ao setor privado. Essa ideia veio desde a minha gestão como prefeito. Estou com o objetivo da sua comercialização, da sua venda, que evoluiu-se para um programa de concessão. Mais viável, mais positivo, mais adequado. Queria pedir ao Mauro para dar mais informações para vocês sobre o edital, que já foi publicado. Existe uma expectativa, que é importante também, sobre a Fórmula 1. No ano que vem, já teremos uma gestão privada no autódromo de Interlagos”, disse em entrevista acompanhada pelo GRANDE PRÊMIO.
João Doria Jr, Felipe Massa, Ricardo Gracia e Cacá Bueno (Foto: Governo do Estado de São Paulo)

Mauro Ricardo afirmou o desejo de construir shopping, hotel e centro comercial dentro do antigo traçado do circuito. Doria também mencionou o desejo de realizar shows com mais frequência em Interlagos. O autódromo sediou edições do festival Lollapalooza, e na visão do governador, está mais apto a ter estes eventos com as reformas recentes.

“Interlagos tem uma vocação muito clara, além do automobilismo, para a realização de shows. Já foi testado nos últimos anos e agora com mais condições ainda com as reformas feitas. Isso será uma vantagem para a nova concessionária, a utilização entre corridas para atividades de shows. Temos a CPTM com o trem aqui do lado, de forma confortável, segura, trens com ar-condicionado, inclusive com uma maior fluidez para chegada e saída. Estendemos o prazo de funcionamento”, completou.

O GRANDE PRÊMIO cobre in loco o GP do Brasil com os jornalistas Evelyn Guimarães, Felipe Noronha, Fernando Silva, Flavio Gomes, Gabriel Carvalho, Gabriel Curty e Pedro Henrique Marum, e o fotógrafo Rodrigo Berton. Acompanhe todo o noticiário aqui e tudo dos bastidores e das atividades em pista AO VIVO e em TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube