Speed Trap: confira velocidades máximas dos pilotos no GP da Malásia de F1, em Sepang

Felipe Massa foi o piloto que atingiu a maior velocidade no GP da Malásia. O piloto brasileiro chegou aos 324,5 km/h, contra os 320,6 km/h de Valtteri Bottas

A cobertura completa do GP da Malásia no GRANDE PRÊMIO
As imagens do domingo da F1 na Malásia
icone_TV Automobilismo na TV: a programação do fim de semana

Felipe Massa foi o piloto que atingiu a maior velocidade durante o GP da Malásia de F1, disputado neste domingo (30) em Sepang. O brasileiro registrou 324,5 km/h na prova malaia, um pouco mais veloz que Valtteri Bottas, seu companheiro de Williams, que aparece em segundo.
Felipe Massa registrou a maior velocidade no GP da Malásia (Foto: Getty Images)
A terceira posição na lista das maiores velocidades ficou com Nico Hülkenberg, que registrou 312,9 km/h. Segundo colocado na prova deste domingo, Nico Rosberg atingiu 312,7 km/h e aparece em quarto.
 
Pole-position, vencedor e autor da volta mais rápida no GP da Malásia, Lewis Hamilton alcançou ‘modestos’ 305,9 km/h e aparece em 11º, à frente do estreante Kevin Magnussen.
 
F1, GP da Malásia, Sepang, Speed Trap:
 
 
 
 
km/h
1
19
FELIPE MASSA
324,5
2
77
VALTTERI BOTTAS
320,6
3
27
NICO HÜLKENBERG
312,9
4
6
NICO ROSBERG
312,7
5
26
DANIIL KVYAT
310,0
6
7
KIMI RÄIKKÖNEN
309,5
7
22
JENSON BUTTON
308,4
8
1
SEBASTIAN VETTEL
307,7
9
14
FERNANDO ALONSO
307,4
10
9
MARCUS ERICSSON
306,3
11
44
LEWIS HAMILTON
305,9
12
20
KEVIN MAGNUSSEN
305,6
13
8
ROMAIN GROSJEAN
304,3
14
21
ESTEBAN GUTIÉRREZ
300,9
15
10
KAMUI KOBAYASHI
300,5
16
99
ADRIAN SUTIL
299,5
17
3
DANIEL RICCIARDO
295,4
18
4
MAX CHILTON
295,4
19
17
JULES BIANCHI
290,1
20
25
JEAN-ÉRIC VERGNE
287,5
21
13
PASTOR MALDONADO
277,7
 

'TOP GEAR BARBADOS' com LEWIS HAMILTON e o GRANDE PRÊMIO

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube