Stroll bate Verstappen e fatura pole inacreditável em classificação louca na Turquia

Inacreditável. Lance Stroll conquistou a pole-position do GP da Turquia em uma classificação marcada pela aula de pilotagem de Max Verstappen e pelo clima de loteria proporcionado pela chuva. Sergio Pérez vai largar em terceiro, enquanto Lewis Hamilton será apenas o sexto

O que parecia inimaginável aconteceu na tarde caótica e chuvosa deste sábado (14) em Istambul. Lance Stroll, com desempenho surpreendente, sobretudo no Q3, quebrou o favoritismo que parecia ser todo de Max Verstappen e arrancou uma pole-position histórica e inacreditável no GP da Turquia. É a primeira vez na temporada que a Mercedes original, a preta, não vai largar na posição de honra do grid.

Ao longo de toda a sessão classificatória, marcada por duas interrupções com bandeira vermelha, Verstappen despontava como grande candidato à pole e deu uma verdadeira aula de pilotagem. Tal situação, contudo, não permaneceu no Q3, muito porque os carros da Racing Point se adaptaram muito melhor no asfalto molhado com pneus intermediários. Stroll, no apagar das luzes, marcou 1min47s765. Verstappen, na sua última tentativa de volta, ficou 0s290 atrás, perto, mas não o bastante para tirar a pole do inacreditável canadense.

Stroll obtém feito maior ainda do que o obtido na classificação do GP da Itália de 2017, também de características lotéricas, onde largou na segunda posição do grid.

Sergio Pérez, companheiro de equipe de Stroll, se colocou na pole provisória nos minutos finais do Q3, mas foi desbancado com o cronômetro zerado por Stroll e Verstappen. O mexicano vai largar em terceiro, seguido pela Red Bull de Alexander Albon. Daniel Ricciardo, da Renault, vai largar apenas em quinto, enquanto Lewis Hamilton vai partir em sexto na corrida que pode coroá-lo como heptacampeão mundial. Valtteri Bottas, único que pode impedir a conquista neste domingo, vai sair apenas em nono.

O GP da Turquia tem largada marcada para 7h10 (horário de Brasília). Antes, o GRANDE PRÊMIO debate tudo sobre a incrível classificação neste sábado e traz as últimas informações de Istambul no BRIEFING pré-corrida. Tudo AO VIVO a partir de 6h na GPTV, o canal do GRANDE PRÊMIO no YouTube.

F1; FÓRMULA 1; LANCE STROLL; GP DA TURQUIA; POLE;
Lance Stroll surpreende e crava pole do GP da Turquia neste sábado lotérico em Istambul (Foto: Racing Point)

Saiba como foi o treino classificatório do GP da Turquia de Fórmula 1

A definição do grid de largada no retorno da Fórmula 1 à Turquia teve ares enormes de loteria. A sessão classificatória começou com a pista ainda bem encharcada, consequência da chuva que desabou durante o treino livre 3, e para complicar ainda mais as já complicadas condições do asfalto turco, fazia muito frio, com 12ºC de temperatura ambiente e 13ºC na pista.

Antes do início da classificação, uma imagem curiosa e que é comum na Turquia: um cachorro corria alegremente pela pista de Istambul. Havia enorme preocupação com os animais e o risco de atropelamento.

F1; FÓRMULA 1; TURQUIA; CACHORRO;
Um simpático cachorro passeou pelo circuito turco antes da classificação (Foto: Reprodução/F1)

O treino classificatório começou normalmente e com a presença de praticamente todos os carros na pista. Max Verstappen e Alexander Albon, da Red Bull, iniciaram o Q1 com pneus intermediários, mas sofreram muito e chegaram a perder o controle dos respectivos carros. A maioria do grid partiu para a ‘bola de segurança’ com os compostos de chuva forte.

Q1: Verstappen voa, Grosjean roda e Hamilton passa sufoco

Os primeiros tempos registrados foram bem acima dos 2min, mais precisamente 2min07s001, com o qual Valtteri Bottas assumiu a liderança no começo do Q1. Com a perspectiva de mais chuva a caminho, a situação se desenhava como crítica.

Mesmo assim, havia espaço para melhora nos tempos. Esteban Ocon chegou a ser 0s8 mais rápido que Bottas ao registrar 2min06s115. O finlandês respondeu em seguida com 2min04s, mas teve seu melhor tempo deletado por ter excedido os limites da pista. Até que a chuva desabou de vez e tornou a pista quase impraticável e até perigosa.

F1; FÓRMULA 1; ISTAMBUL; GP DA TURQUIA; ESTEBAN OCON; CLASSIFICAÇÃO;
Esteban Ocon registrou o melhor tempo antes da paralisação da classificação no Q1 (Foto: Reprodução)

A direção de prova não teve alternativa a não ser interromper a sessão com bandeira vermelha com 6min56s para o desfecho do Q1, às 9h13 (de Brasília), 15h13 locais.

Pouco depois da bandeira vermelha, a chuva havia cessado na região do autódromo. A direção de prova acionou o piloto do safety-car, Bernd Mayländer, para checar as condições da pista enquanto buscava uma solução. Um dos problemas é que o pôr do sol em Istambul estava previsto para 17h46 locais (11h46 de Brasília), portanto, era uma corrida contra o tempo para realizar o complemento da classificação ainda neste sábado.

FÓRMULA 1; TURQUIA; CLASSIFICAÇÃO; Q1;
Veículo foi usado para varrer a pista e torná-la um pouco mais seca nas curvas 7 e 12 (Foto: F1/Twitter)

Segundo a meteorologia, a chuva não voltaria a dar as caras em Istambul nesta tarde. Com veículos próprios para limpeza e secagem da pista, fiscais trabalhavam nas curvas 7 e 12 para melhorar um pouco as condições do asfalto visando uma possível retomada da sessão.

Depois de pouco mais de meia hora de espera, a direção de prova anunciou a retomada do treino para 15h55 locais (9h55 de Brasília). Alexander Albon se apressou em ser o primeiro na fila na saída do pit-lane.

F1; ROMAIN GROSJEAN; HAAS; Q1; TURQUIA;
Romain Grosjean provocou a segunda bandeira vermelha no Q1 (Foto: Reprodução)

Logo no recomeço do treino, Kimi Räikkönen, que estava logo atrás de Albon na fila, escapou da pista e derrapou em plena reta, em frente ao carro de Max Verstappen. O fato é que, mesmo sem chuva, as condições da pista seguiam bem críticas.

Antes mesmo de os primeiros carros completarem a primeira volta rápida no retorno, Romain Grosjean escapou da pista à altura da curva 1 e ficou atolado na caixa de brita. Nova bandeira vermelha em Istambul com 3min30s para o fim do Q1. Verstappen estava em 15º, uma posição à frente de Charles Leclerc, o primeiro na zona de eliminação.

Na nova retomada da classificação, era tudo ou nada. Verstappen, Albon e Räikkönen foram os primeiros a registrar voltas rápidas no fim do Q1. Especialmente Max voava na pista com a conhecida ótima performance no molhado. O holandês marcou 1min57s485, ‘temporal’ em Istambul. A ordem da tabela tinha Albon em segundo, Räikkönen em terceiro, Vettel e Leclerc fechando os cinco primeiros.

F1; FÓRMULA 1; GP DA TURQUIA; KIMI RÄIKKÖNEN, CLASSIFICAÇÃO; TURQUIA;
Kimi Räikkönen passou em terceiro no Q1 na Turquia (Foto: Alfa Romeo)

Foi melhor quem saiu primeiro na abertura da volta final no Q1. Ocon, de líder, caiu para oitavo, mas passou para a próxima fase, sendo seguido por Valtteri Bottas. Hamilton, que teve seu último tempo deletado, ficou apenas em 14º, 10s114 atrás de Verstappen. Lá atrás, caíram Kevin Magnussen, Daniil Kvyat, George Russell, Grosjean e Nicholas Latifi. Mas Russell vai largar em último por conta da punição sofrida por conta da troca de componentes do motor.

Ao fim do Q1, a direção de prova da FIA anunciou que os tempos registrados com bandeira amarela serão investigados ao término da sessão. Ou seja, perspectiva de caos dentro e também fora da pista.

Q2: Verstappen dá novo show no molhado; duplas da Ferrari e McLaren são eliminadas

A segunda parte da sessão começou toda errada e sob bandeira amarela porque havia um trator na pista para recolher o carro de Latifi, que estava parado na área de escape.

Com a pista liberada com bandeira verde, a dupla da McLaren, formada por Lando Norris e Carlos Sainz, foi a primeira a sair da pista no Q2 com pneus intermediários. Lando marcou 2min00s633 na sua primeira passagem, mas o britânico teve seu tempo deletado por ter excedido os limites de pista na curva 6.

Assim, Albon subiu para primeiro com 2min00s026, mas foi superado logo de cara por Verstappen, imbatível no molhado em Istambul, com 1min57s125, 2s9 mais rápido que o anglo-tailandês. O top-3 provisório tinha ainda Sergio Pérez e Lance Stroll.

Os tempos muito ruins da McLaren mostravam que os pneus intermediários não eram uma opção naquele momento. Com os compostos de chuva forte, Lance Stroll surpreendia e subia para a ponta com 1min55s730, com Räikkönen em segundo e Albon em terceiro. Valtteri Bottas era o quarto, logo à frente de Verstappen, enquanto Hamilton aparecia em sétimo.

Verstappen voltou ao primeiro lugar no Q2 com 1min53s486 e Pérez era o segundo antes de ter sido desbancado pela outra Red Bull, de Albon. Max melhorou de novo ao cravar 1min52s036, sendo seguido depois por Bottas e Hamilton, mas com o hexacampeão 1s841 atrás do holandês.

A McLaren tentou o pulo do gato com pneus intermediários, mas estratégia deu errado (Foto: Reprodução)

Se era para sobrar ainda mais, Verstappen sobrava. E com 1min50s293, o holandês dava uma nova demonstração da aula de pilotagem neste sábado em Istambul. Muito forte e bem encaixada no molhado, Albon voltava à segunda posição, mas com um abismo de diferença para o colega: 1s989. Stroll subia para terceiro já com o cronômetro zerado antes de ter sido batido por Hamilton, que estava 2s416 mais lento que Max.

A Alfa Romeo era uma grande surpresa ao colocar Giovinazzi e Räikkönen no Q3, em quinto e oitavo, respectivamente. Também passaram Ocon, Bottas, Pérez e Daniel Ricciardo. Foram eliminados Norris, Vettel, Sainz, Leclerc e Pierre Gasly.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Q3: Stroll faz pole inacreditável em desfecho surpreendente de classificação na Turquia

Em uma rara situação nos sábados da Fórmula 1, desta vez Hamilton entrava na luta pela pole no Q3 em Istambul como coadjuvante. Por conta de toda a maiúscula performance demonstrada no molhado, Verstappen despontava como favorito, enquanto Albon mostrava ter totais condições de se colocar na primeira fila pela primeira vez na carreira.

Dentre os dez pilotos que abriram o Q3, somente Ocon foi à pista com pneus intermediários. As Red Bull de Verstappen e Albon novamente puxaram a fila.

Na sua primeira volta rápida, o holandês lutou muito com o carro em razão da pista traiçoeira, mas conseguiu completar um bom tempo ao cravar 1min52s326. Albon, que fechou seu primeiro tempo logo atrás, virou 4s161 mais lento. As Mercedes andaram também mais de 4s atrás de Max, enquanto Stroll voltou a surpreender e se colocar em segundo.

Pérez também fez uma volta de fazer chover com 1min52s037 e assumiu de forma incrível a pole provisória com pneus intermediários. Verstappen vinha com setor roxo nos dois primeiros setores da pista, mas recolheu para os boxes para colocar os intermediários também, gesto seguido pelos outros pilotos no Q3, exceto Räikkönen e Ricciardo, com cinco minutos para o fim.

Kimi subiu para terceiro com os pneus de chuva extrema. Verstappen reclamou da performance dos intermediários, mas tais compostos se encaixaram perfeitamente à Racing Point ‘Mercedes rosa’ de Pérez. Com outra volta surpreendente, o mexicano cravou 1min49s321 ficou muito perto da pole. E, para completar o sonho rosa, Stroll subiu para segundo ao ficar 2s1 atrás do companheiro de equipe.

F1; FÓRMULA 1; MAX VERSTAPPEN; GP DA TURQUIA; CLASSIFICAÇÃO;
Max Verstappen deu uma aula de pilotagem em Istambul neste sábado (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

Verstappen ainda estava bem vivo na briga pela pole e desbancou Stroll para se colocar na segunda colocação. O holandês tinha ainda uma última volta para tentar a pole. Só que o canadense vinha em outra volta muito rápida no apagar das luzes.

Se a sessão já era surpreendente, Stroll tratou de dar contornos ainda mais incríveis depois de marcar 1min47s765 e se colocar na pole-position. Verstappen bem que tentou, mas ficou em segundo com 0s290 de desvantagem. Pérez terminou em terceiro, seguido por Albon e Ricciardo. Lewis Hamilton foi apenas o sexto, enquanto Bottas se colocou só em nono lugar.

Fórmula 1 2020, GP da Turquia, Istambul, grid de largada:

1L STROLLRacing Point Mercedes1:47.765  
2M VERSTAPPENRed Bull Honda1:48.055+0.290 
3S PÉREZRacing Point Mercedes1:49.321+1.556 
4A ALBONRed Bull Honda1:50.448+2.683 
5D RICCIARDORenault1:51.595+3.830 
6L HAMILTONMercedes1:52.560+4.795 
7E OCONRenault1:52.622+4.857 
8K RÄIKKÖNENAlfa Romeo Ferrari1:52.745+4.980 
9V BOTTASMercedes1:53.258+5.493 
10A GIOVINAZZIAlfa Romeo Ferrari1:57.226+9.461 
11L NORRISMcLaren Renault1:54.945+7.180 
12S VETTELFerrari1:55.169+7.404 
13C SAINZ JRMcLaren Renault1:55.410+7.645 
14C LECLERCFerrari1:56.696+8.931 
15P GASLYAlphaTauri Honda1:58.556+10.791 
16K MAGNUSSENHaas Ferrari2:08.007+20.242 
17D KVYATAlphaTauri Honda2:09.070+21.305 
18R GROSJEANHaas Ferrari2:12.909+25.144 
19N LATIFIWilliams Mercedes2:21.611+33.846 
20G RUSSELLWilliams Mercedes2:10.017+22.252P
  Tempo 107%1:55.309+7.544 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube