Stroll mantém pole na Turquia após investigação dos comissários. Sainz é punido

Lance Stroll foi isentado de culpa após análise de vídeo e telemetria, mantendo a pole na Turquia. Carlos Sainz não teve a mesma sorte e sairá apenas de 16º

Lance Stroll pode continuar celebrando a primeira pole-position na Fórmula 1. Após investigação dos comissários da FIA, o piloto foi isentado de culpa por uma possível violação do regulamento e mantém o primeiro posto para o GP da Turquia, que acontece neste domingo (14).

Stroll passou por investigação por conta da volta da pole no Q3. Lance teria ignorado o período de bandeira amarela, acionada após o companheiro Sergio Pérez rodar na curva 7.

Com análise de vídeo e telemetria, os comissários entenderam que Stroll diminuiu a velocidade quando passou por Pérez, e a melhora no tempo veio por conta da condição da pista, que secava volta após volta, e não por ter ignorado a bandeira amarela.

O momento em que Pérez roda e é ultrapassado por Stroll (Foto: Reprodução/F1TV)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Todavia, os comissários puniram outro piloto. Carlos Sainz, da McLaren, foi punido em três posições após bloquear Sergio Pérez no Q2. O espanhol saiu dos boxes e se manteve à frente do mexicano, de forma lenta, pelas curvas 2 e 3.

Agora, Carlos parte da 16ª posição. Charles Leclerc, da Ferrari, Pierre Gasly, da AlphaTauri, e Kevin Magnussen, da Haas, ganharam uma posição cada.

George Russell, que já largaria no último lugar, recebeu uma punição adicional de cinco posições por não desacelerar durante uma bandeira amarela causada por Daniil Kvyat.

O GP da Turquia tem largada marcada para às 7h10 (de Brasília) deste domingo (15). O GRANDE PRÊMIO acompanha ao vivo e em tempo real, junto das duas transmissões do Briefing.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube