F1

Stroll vibra com resultado e explica ‘pulo do gato’ em “corrida agitada” na Alemanha

O melhor resultado da temporada e segundo melhor em toda a carreira: Lance Stroll não fez uma corrida chamativa e espetacular, mas acertou o momento exato da última parada nos boxes e mudar o tipo de pneus. Com a estratégia precisa do canadense e da Racing Point - que foi efetuada após uma ampla inspeção a olho nu -, o quarto lugar foi um enorme resultado

Grande Prêmio / Redação GP, do Rio de Janeiro
Lance Stroll terminou o que foi a melhor corrida dele pela Racing Point e a segunda melhor na Fórmula 1, depois do pódio pela Williams no GP do Azerbaijão de 2017. No GP da Alemanha deste domingo (28), Stroll deu o grande pulo do gato da corrida ao aproveitar a batida de Valtteri Bottas para colocar pneus de pista seca na frente do resto do pelotão e pular para as primeiras colocações. O pódio esteve próximo, mas sobrou mesmo o quarto lugar.
 
Quase todos os pilotos na pista chegaram a colocar pneus de pista seca antes da metade da corrida, mas voltaram aos intermediários após as batidas de Charles Leclerc e Lewis Hamilton. No trecho final, quando Bottas foi ao muro e abandonou, Stroll foi o primeiro a voltar aos slicks. 
 
Quando todo mundo foi fazer o mesmo, o canadense assumiu a liderança da corrida. Acabou ultrapassado por Max Verstappen, Sebastian Vettel e Daniil Kvyat, esse com um erro que admitiu.
Lance Stroll (Foto: Racing Point)
"Estou muito feliz, mas é chato que o pódio tenha escapado. Eu cheguei a liderar a corrida", destacou. "Um pequeno erro permitiu que Dani [Kvyat] passasse. Foi uma corrida agitada e colocamos o pneu certo com 20 voltas restantes", seguiu.
 
"Eu estava guiando com o visor aberto para a volta [anterior à última parada], inspecionei o asfalto para ver se dava para colocar pneus de pista seca. Sabia que poderíamos saltar na frente dos competidores, que ainda estavam de intermediários, e ficaríamos em boa situação", finalizou.
 
Stroll compensou uma corrida que se desenhava pobre para a Racing Point após Sergio Pérez bater logo na segunda volta da corrida. Com 18 pontos, agora está na frente do mexicano no campeonato.


Paddockast #26
Acidentes que alteraram carreiras


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.