Susie Wolff aponta misoginia e detona acusações de conflito de interesse com Toto

Susie Wolff detonou as acusações de conflito de interesse e troca de informações sigilosas com o marido Toto. Dirigente afirmou que base das alegações é intimidadora e misógina

Diretora da F1 Academy, Susie Wolff se pronunciou oficialmente após o departamento de compliance abrir uma investigação sobre um possível conflito de interesses dela e do marido Toto Wolff, com a acusação de troca e informações sigilosas. A dirigente rejeita as alegações e afirmou que se sente insultada, apontando para comportamento misógino.

Nesta terça-feira, a FIA anunciou a abertura da investigação por meio do departamento de compliance. Toto é chefe de equipe da Mercedes, enquanto Susie é diretora da F1 Academy, categoria dedicada exclusivamente a mulheres e que está no guarda-chuva da Formula One Management [FOM].

“Estou profundamente insultada, mas tristemente não estou surpresa pelas alegações públicas que foram feitas nesta noite. É desanimador que minha integridade esteja sendo posta em dúvida desta maneira, especialmente quando isso parece estar enraizado num comportamento intimidatório e misógino, centrado mais no meu estado civil do que nas minhas habilidade”, publicou Susie nas redes sociais.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Toto Wolff afirmou que a convocação foi correta pois a F! é vista por muitos jovens (Foto: Rodrigo Berton/Warm Up)

“Durante minha carreira no esporte a motor, passei por uma série de obstáculos e me neguei a deixar acusações sem base ofuscarem minha paixão e dedicação pela F1 Academy. Como uma mulher no esporte, já enfrentei grandes desafios, mas o meu compromisso de quebrar barreiras e preparar o caminho para o sucesso das gerações futuras permanece inabalável. Nos termos mais fortes possíveis, rejeito tais alegações”, concluiu.

A suspeita é que Toto teve acesso a informações confidenciais de atividades da FOM, algo que outros chefes de equipe não têm, enquanto Susie foi informada das principais discussões entre os chefes, o que pode ser de uso da categoria. Uma reportagem feita pela revista Business F1 apontou que um comentário feito por Toto durante uma reunião de chefes virou alvo das reclamações dos adversários, por entenderem que a informação dada só poderia ter vindo da Formula One Management.

A Fórmula 1 falou sobre o caso, afirmando que o comunicado divulgado pela FIA não foi compartilhado com a categoria de forma antecipada, e afirmou que tem confiança de que as acusações sobre o casal são falsas, além de ter protocolos intensos para impedir o compartilhamento de informações sigilosas.

A Mercedes, por sua vez, também se posicionou e rebateu a Federação, afirmando que o comunicado é “genérico” e que as acusações são infundadas, além de citar a surpresa por serem informados da investigação apenas pela imprensa.

🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra, Escanteio SP e Teleguiado.