Triatleta amador, Button revela que pensou em representar Inglaterra na Olimpíada do Rio: “Mas estou muito velho”

Apaixonado por triatlo, Jenson Button admitiu que pensou em representar a Inglaterra nas Olimpíadas do Rio de Janeiro em 2016. Britânico, entretanto, avaliou que está muito velho para enfrentar os irmãos Brownlee

Jenson Button revelou que considerou a possibilidade de tentar uma vaga pela Inglaterra nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. O piloto da McLaren é apaixonado por triatlo e pensou em competir na modalidade em 2016.
 
No ano passado, Button viveu dias de incerteza, já que a McLaren levou um longo tempo para decidir entre ele e Kevin Magnussen para o posto de companheiro de Fernando Alonso. 
Jenson Button contou que pensou em participar dos Jogos do Rio (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
Sem saber se seguiria na F1, Button pensou em se aventurar nos Jogos Olímpicos, mas concluiu que não tem idade para enfrentar o atual campeão olímpico Alistair Browlee e seu irmão, Jonathan. 
 
“Eu pensei no Rio e aí decidi que não”, contou Button em entrevista ao jornal inglês ‘Daily Mirror’. “Antes de mais nada, estou muito velho — cerca de dez anos velho demais em comparação com os irmãos Brownlee — então conclui que não era para mim”, justificou.
 
“Sou um bom atleta amador, mas qualquer um no auge como profissional está em um nível completamente diferente disso”, concluiu. 
 
Neste ano, Button vai debutar na Maratona de Londres, após o GP do Bahrein. O piloto corre em apoio à pesquisa de combate ao câncer no Reino Unido.
ESTOU PRONTO

A preparação tranquila da Williams ao longo dos testes de pré-temporada na Espanha deixou Felipe Massa confiante de que poderá começar o campeonato em um bom nível. O brasileiro está certo de que a preparação do time que terminou o Mundial de Construtores na terceira posição no ano passado foi boa o bastante. "O trabalho que a gente vem fazendo foi um trabalho onde a gente evoluiu", disse o brasileiro ao GRANDE PRÊMIO.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube