Bottas lidera e Verstappen fica só 0s033 atrás no treino livre 1 do GP da Espanha

Destaque nos treinos livres nas últimas etapas da F1, Valtteri Bottas foi o mais rápido na sessão que abriu o fim de semana do GP da Espanha. Max Verstappen ficou muito perto, enquanto Lewis Hamilton foi o terceiro

Lewis Hamilton conquistou a vitória 97 na F1: assista aos melhores momentos do GP de Portugal de F1 (Foto: GRANDE PREMIO com Reuters)

Valtteri Bottas foi o mais rápido no treino livre 1 do GP da Espanha, quarta etapa da temporada 2021 da Fórmula 1, na manhã desta sexta-feira (7). Em Barcelona, o finlandês cravou 1min18s504 com sua Mercedes #77 e deixou Max Verstappen para trás por apenas 0s033. Lewis Hamilton, líder do campeonato com 8 pontos de vantagem para o holandês, fechou o top-3 com seu melhor tempo 0s123 mais lento na comparação com o companheiro de equipe.

Destaque, novamente, para Lando Norris, um dos grandes nomes da temporada até o momento. O prodígio britânico colocou a McLaren em quarto lugar, à frente das Ferrari de Charles Leclerc e Carlos Sainz. Os carros vermelhos foram os únicos do período a registrarem suas respectivas voltas com pneus médios, contra os macios da maioria do grid.

Pierre Gasly, com a AlphaTauri, foi o sétimo, à frente da Aston Martin de Sebastian Vettel. Sergio Pérez, com a outra Red Bull, foi apenas o nono, seguido pela outra Aston Martin, de Lance Stroll. Fernando Alonso, com a Alpine, terminou em P15, três posições atrás de Esteban Ocon.

VALTTERI BOTTAS; MERCEDES; F1; FÓRMULA 1; GP DA ESPANHA; TREINO LIVRE 1;
Valtteri Bottas foi o mais rápido no treino livre 1 do GP da Espanha (Foto: Mercedes)

O treino livre 2 do GP da Espanha está marcado para logo mais, às 10h (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Saiba como foi o treino livre 1 do GP da Espanha de Fórmula 1

O treino livre que abriu os trabalhos do fim de semana em Barcelona mal havia começado e estava Nikita Mazepin já na caixa de brita. O piloto da Haas perdeu o controle do seu carro na curva 8 e escapou na pista, mas conseguiu se recuperar e voltar para os boxes depois do pequeno incidente. Via rádio, Charles Leclerc deu aquela alfinetada: “Mazepin nunca vai mudar”.

As novidades na sessão desta manhã ficaram por conta da entrada dos reservas Roy Nissany e Robert Kubica, que ocuparam, respectivamente, os lugares de George Russell na Williams e Kimi Räikkönen na Alfa Romeo.

NIKITA MAZEPIN; GP DA ESPANHA; BARCELONA;
Nikita Mazepin escapou na curva 8 no começo do treino livre 1 em Barcelona (Foto: F1/Twitter)

Nos primeiros minutos, todos os pilotos, com exceção de Fernando Alonso — que volta a disputar um GP da Espanha depois de dois anos —, saíram com pneus duros. O bicampeão deixou os boxes da Alpine para um primeiro stint usando os pneus macios.

Com os pneus macios, Alonso chegou a ocupar a ponta da tabela de tempos no começo da sessão, mas logo um dos donos da casa foi destronado por Lewis Hamilton, que cravou 1min19s675 para ocupar a liderança, enquanto Max Verstappen aparecia em terceiro.

Caso raro neste começo de temporada, o treino livre 1 teve sua primeira meia hora bastante morna em Barcelona. Com pneus macios, Sebastian Vettel tomou a liderança da sessão com 1min19s234, seguido por Hamilton, Alonso, Verstappen e Sergio Pérez.

MAX VERSTAPPEN; GP DA ESPANHA; BARCELONA; F1;
Max Verstappen em ação no começo do treino livre 1 do GP da Espanha (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

A sessão esquentou quando os pilotos saíram dos boxes com pneus macios. Quando calçou os compostos vermelhos, Hamilton não teve dificuldades para voltar à ponta depois de cravar 1min18s808, 0s426 mais rápido que Vettel. Em seguida, Valtteri Bottas subiu para segundo, foi 0s030 mais lento que o companheiro de equipe, e deixou Seb para trás.

O tetracampeão chegou a enfrentar um pequeno problema ao passar pela zebra da curva 7, quando uma peça se soltou da sua Aston Martin após o impacto. Lance Stroll, também da Aston Martin, aparecia em quarto, à frente de Alonso e das Red Bull de Verstappen e Pérez, ainda sem tempo com os pneus macios.

Outro piloto que fez grande volta, também com pneus macios, foi Pierre Gasly, que se colocou em terceiro lugar na tabela. Logo depois, Hamilton tratou de melhorar o que já era bom ao cravar 1min18s627 e reforçou sua posição como líder do treino, com direito a melhor parcial nos setores 1 e 3.

Bottas também melhorou sua marca, virou 1min18s504 e conseguiu superar Hamilton em 0s123 para assumir a liderança. Lando Norris, um dos grandes nomes da temporada, avançou para terceiro, 0s440 atrás do líder naquele momento, enquanto Gasly e Vettel fechava o top-5. Daniel Ricciardo aparecia apenas em nono, atrás de Yuki Tsunoda, da AlphaTauri, e Antonio Giovinazzi, uma das surpresas até então.

ROBERT KUBICA; TREINO LIVRE 1; GP DA ESPANHA; BARCELONA;
Reserva da Alfa Romeo, Robert Kubica provocou bandeira vermelha no TL1 em Barcelona (Foto: Reprodução)

Com 16 minutos para o fim do treino, a direção de prova acionou a bandeira vermelha. Robert Kubica rodou enquanto percorria a nova curva 10, a La Caixa, e ficou atolado na caixa de brita com a Alfa Romeo de Räikkönen.

A sessão foi retomada quando restavam nove minutos para o fim. Naquele momento, todos os pilotos que foram à pista optaram pelos pneus macios, com exceção de CArlos Sainz e Charles Leclerc, que usaram compostos médios. Pérez puxou a fila no pit-lane antes das voltas finais da manhã.

A Ferrari deu um belo salto na tabela de tempos e colocou Sainz em quarto e Leclerc em quinto. Restava a volta rápida de Verstappen antes da definição dos trabalhos do primeiro período em Barcelona. Mesmo com tráfego na pista, o holandês virou uma boa volta, 1min18s537, só 0s033 mais lento que Bottas. O finlandês também pegou tráfego e teve de frear forte para não bater na traseira de um dos carros da Ferrari à altura da chicane antes da reta dos boxes.

Ao fim de 60 minutos, Bottas foi confirmado como o piloto mais rápido da sessão que abriu o fim de semana do GP da Espanha de Fórmula 1.

Fórmula 1 2021, GP da Espanha, Barcelona, treino livre 1:

1V BOTTASMercedes1:18.504 25
2M VERSTAPPENRed Bull Honda1:18.537+0.03319
3L HAMILTONMercedes1:18.627+0.12322
4L NORRISMcLaren Mercedes1:18.944+0.44024
5C LECLERCFerrari1:18.996+0.49225
6C SAINZFerrari1:19.020+0.51622
7P GASLYAlphaTauri Honda1:19.062+0.55826
8S VETTELAston Martin Mercedes1:19.234+0.73024
9S PÉREZRed Bull Honda1:19.349+0.84517
10L STROLLAston Martin Mercedes1:19.429+0.92525
11Y TSUNODAAlphaTauri Honda1:19.669+1.16522
12E OCONAlpine1:19.681+1.17725
13A GIOVINAZZIAlfa Romeo Ferrari1:19.694+1.19023
14D RICCIARDOMcLaren Mercedes1:19.732+1.22824
15F ALONSOAlpine1:19.950+1.44625
16N LATIFIWilliams Mercedes1:20.270+1.76625
17R NISSANYWilliams Mercedes1:20.700+2.19623
18M SCHUMACHERHaas Ferrari1:20.766+2.26223
19R KUBICAAlfa Romeo Ferrari1:21.887+3.38313
20N MAZEPINHaas Ferrari1:21.976+3.47222

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar