Vandoorne prevê “grande passo em frente” da McLaren, mas mostra cautela sobre chances de vitória em 2017

Ansioso pela estreia ‘pra valer’ como titular da McLaren na próxima temporada, Stoffel Vandoorne só pensa no novo desafio e está focado em ajudar a levar a lendária equipe britânica de volta às primeiras posições. Contudo, o belga de 24 anos é cauteloso sobre as chances de seu time brigar por vitórias no ano que vem: “Vai depender do carro”

 

Dentre tantas novidades, 2017 vai marcar a estreia de Stoffel Vandoorne como titular da McLaren. É bem verdade que o belga, hoje com 24 anos, já disputou uma prova na F1 em substituição a Fernando Alonso no GP do Bahrein deste ano. Mas será a partir da próxima temporada que o jovem e talentoso piloto, campeão da GP2 em 2015, terá as condições para mostrar seu potencial e ajudar a McLaren a dar um “grande passo em frente”. Entretanto, Vandoorne é bastante cauteloso sobre a equipe voltar a vencer no ano que vem.

 
“Tecnicamente, a equipe teve algumas temporadas difíceis no passado recente, mas o ano que vem parece ser positivo, ainda que seja difícil de prever”, afirmou o piloto à agência belga de notícias ‘Sporza’.

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

Stoffel Vandoorne não vê a hora de 2017 começar (Foto: Getty Images)
Em meio a um ano de transição para o novo regulamento técnico, a expectativa de muitos é que o jogo de forças na F1 possa mudar de forma considerável. Assim, só mesmo quando os carros forem à pista, nos testes de inverno em Barcelona, é que haverá uma noção maior do potencial de cada equipe para a temporada.
 
“Provavelmente, vamos dar um grande passo em frente, o que também é algo que nós precisamos. Mas se vamos conseguir lugar por vitórias, ainda não posso dizer”, afirmou Vandoorne, cauteloso. “Vai depender do carro. Provavelmente não vai ser o bastante [para vencer corridas], mas vamos dar grandes passos em frente”, disse.
 
Questionado sobre ser comparado a Verstappen, ainda que o holandês da Red Bull seja bem mais novo, com apenas 19 anos, Stoffel disse que não se importa. “Isso é normal, ainda que sejamos muito diferentes. Temos uma personalidade diferente. Muitos gostariam de ver uma batalha entre nós, e espero que seja por vitórias”, salientou.
 
Por fim, o belga garantiu que, caso fosse sondado pela Mercedes para ser o substituto de Nico Rosberg na mais inesperada vaga aberta neste fim de ano na F1, não teria dúvidas: continuaria onde está. “Tenho contrato com a McLaren-Honda e estou muito feliz com isso. Estou focado na próxima temporada e não penso em outras equipes”, concluiu.
 
fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube