Verstappen considera toque em Hülkenberg como “incidente de corrida” e celebra fim de temporada “especial” na F1

Max Verstappen saiu de Abu Dhabi satisfeito com sua corrida de recuperação, chegando em quarto lugar após ser o 22º por conta de um toque 'da vida' em Nico Hülkenberg. Verstappen reconhece que vai lembrar 2016 com muito carinho

 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Foram 34 voltas com o jogo de pneus macios para Max Verstappen conseguir terminar o GP de Abu Dhabi deste domingo (27) com apenas uma parada nos boxes. Verstappen conseguiu ser o quarto colocado numa corrida em que era o 22º na primeira volta. Uma recuperação que é perfeita para encerrar a temporada em que começou a ser um dos grandes da F1 atual.

 

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
A mudança de estratégia no meio do caminho foi algo com que Max teve êxito na Marina de Yas. O holandês chegou a ser cotado para vencer, mas acabou fora do pódio ultrapassado por um Sebastian Vettel que também acertou na estratégia para o trecho final da corrida.

 
"Estou muito agradecido de, depois sair de último da curva um, brigar de volta e conseguir fazer só uma parada. Foi o melhor que eu podia fazer. É normal fazer duas paradas e ter pneus melhores, então normalmente eles poderiam atacar mais – e foi o que aconteceu com Vettel. Acho que foi uma corrida muito boa", disse.
 
O que jogou Max para o fim da fila na largada, após largar em sexto, foi um toque com Nico Hülkenberg que Verstappen avaliou como normal de corrida.
Max Verstappen durante o GP de Abu Dhabi, o último da temporada 2016 da F1 (Foto: Red Bull Content Pool)
"Acho que Nico largou bem, e eu não esperava que ele fosse estar junto de mim com meio carro de separação. Então ele basicamente fez a curva e eu não tinha para onde ir. Mas acho que foi um incidente de corrida", avaliou.
 
Depois de começar o ano na Toro Rosso, se mudar para a Red Bull e vencer na F1 pela primeira vez, Verstappen vai lembrar 2016 com muito carinho.
 
"Foi uma temporada especial para mim. Estou muito feliz de ter terminado em alta, especialmente depois de ontem, que eu não estava tão feliz", encerrou.
fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube