Verstappen diz que título na F1 “depende de sorte” e aceita longa espera

Max Verstappen não será o campeão mais jovem da história da F1, mas isso não o faz perder o sono. O holandês entende que é necessário “estar no lugar certo na hora certa” para conseguir canecos, assim como Lewis Hamilton faz na Mercedes

Max Verstappen chegou a ser apontado como um futuro campeão mais jovem da história da Fórmula 1, dada a carreira meteórica até a chegada à Red Bull. Só que isso já virou coisa do passado: a Mercedes segue dominando, deixando o holandês limitado a sonhar com pódios. Isso, entretanto, não é motivo para frustração: Verstappen já aceitou que é preciso estar “no lugar certo na hora certa” para levar o título, o que não acontece tão facilmente.

“Você precisa aceitar a situação em que está” refletiu Verstappen. “Caso contrário, você se torna uma pessoa muito frustrada. Eu ainda venho para um GP tentando fazer meu melhor e com uma boa motivação, consigo curtir um segundo ou um terceiro lugar se eu acelerar ao máximo e souber que a equipe fez tudo que pôde. Eu consigo curtir isso. No fim das contas, todo mundo ama vencer. É por isso que estamos aqui, mas, se não é possível, não é possível”, seguiu.

“Campeão mais jovem? Lá na frente, quando eu tiver 40 ou 50 anos, acho que não vou me importar muito com essas coisas. Só vou olhar para trás e me perguntar se eu dei meu máximo. Se a resposta for ‘sim’, vou ficar feliz”, comentou.

Max Verstappen não será o campeão mais jovem da F1 (Foto: Beto Issa)


Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

A demora até o primeiro título de Verstappen é, em parte, culpa de Lewis Hamilton. O britânico se tornou amplamente dominante, vencendo cinco dos seis campeonatos na era híbrida da F1. Dentro de algumas semanas, terá seis de sete. É que Lewis acertou em cheio ao assinar com a Mercedes.

“Vencer sete títulos ou zero, isso depende de um pouco de sorte também. Estar na equipe certa na hora certa. Há vezes em que as coisas não funcionam, mas veremos. Ainda tenho alguns anos pela frente, tomara que as coisas mudem”, encerrou Max.

2020 era a última chance de Verstappen de se tornar o campeão mais jovem da história da F1. Sebastian Vettel é o detentor do recorde, levando o caneco aos 23, e Max já terá 24 em 2021. Mesmo que o holandês não se importe, é simbólico: o piloto estreou na categoria ainda aos 17 anos, forçando a FIA a mudar critérios de superlicença e vetando a entrada de menores de 18 anos no grid da categoria.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube