Vettel admite erro com estratégia diferente, mas se diz feliz com corrida divertida e potencial da Ferrari para restante do ano

Sebastian Vettel fez uma largada perfeita e desfilou numa pilotagem infalível nas primeiras voltas, mas uma estratégia no mínimo diferente da Ferrari acabou custando a frente. Vettel terminou em segundo, mas guiando em seu melhor nível

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Uma manobra de largada, talvez a mais impressionante partida de 2016, colocou Sebastian Vettel em condições de vencer o GP do Canadá deste domingo (12). Após semanas de achincalhamento na Itália, Vettel mostrou o talento que tem de baciada e que faz dele tetracampeão mundial de F1. Mas a estratégia ousada da Ferrari acabou molhando, e deu de presente a segunda vitória seguida para Lewis Hamilton.

Vettel mergulhou para a primeira colocação logo na largada, deixando as Flechas Prateadas para trás. E ia comandando a prova à sua maneira até que a Ferrari o resolveu chamar mais cedo para trocar os pneus ultramacios. Não funcionou. Hamilton acabou ficando com a corrida em mãos mesmo que o carro vermelho fosse o mais rápido na pista.

Eis o momento em que Vettel passou as Mercedes na largada do GP do Canadá (Foto: Twitter/Reprodução)
Ao falar da corrida com o ator Michael Douglas ainda no pódio, Vettel brincou dizendo que o verdadeiro problema foi a velocidade imposta por Hamilton. “Lewis estava um pouco rápido demais, e esse foi o problema…”

“Na verdade, nós tivemos um grande fim de semana e uma corrida realmente divertida”, disse o tetracampeão. 

 
E a largada, de fato, foi o ponto alto. “Tivemos uma largada fantástica. Mas a primeira volta foi mais complicada, briguei um pouco com os freios, quase parei o carro na chicane final. Também estava ventando muito e, talvez, isso tenha tornando tudo mais difícil. Mas eu tentei andar forte durante toda a corrida”, completou. 
 
Em seguida, Seb admitiu que o erro foi mesmo estratégico. “Acho que cometemos uma falha com a estratégia diferente. Na verdade, os pneus de Lewis duraram bem mais do que pensávamos. De qualquer forma, o nosso carro tem potencial.”
 
“Eu tive alguns problemas nas primeiras corridas da temporada, mas acho que agora temos performance. Mas posso dizer que essa foi uma corrida muito boa e divertida”, finalizou Vettel, que agora voltou para a terceira colocação no Mundial de Pilotos.
 

Que tal participar do Fantasy F1 e concorrer a prêmios? Inscreva-se no 'Fantasy F1 Grand Prix du Canada (RtAD) 2016'.

Funciona assim: forme uma equipe com um orçamento de 115 milhões de euros. Seus pilotos marcarão pontos com base nos resultados das corridas (pontos de corrida) e na diferença entre a posição final e a posição da qualificação (pontos de bônus).

Ficou interessado? Vem e entre nesta com a gente.

 
PADDOCK GP #32 DEBATE MotoGP, F1, INDY E STOCK CAR

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube