Vettel destrói novo formato da classificação, diz que mudança desagrada pilotos e aponta “falta de liderança” na F1

Sebastian Vettel declarou guerra ao novo formato da classificação da F1. Em nome dos pilotos, disparou contra os responsáveis pela ideia, chefes de equipe, FIA e FOM, falou do caos causado sem necessidade e garantiu que nenhum de seus colegas é a favor

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Sebastian Vettel falou expressamente em nome dos pilotos e mostrou todo seu desgosto com o novo formato da classificação da F1. O tetracampeão mundial, um dos diretores da Associação dos Pilotos, não se segurou para dizer que a decisão mostra falta de liderança e a forma errada de causar um rebuliço.
 
Para Vettel, a decisão que deve ter chancela anunciada pela FIA ainda nesta sexta-feira (4) após ter sido aprovada pelo Conselho Mundial de Automobilismo, é tardia demais. O treino classificatório para o GP da Austrália acontece já no dia 19 de março.
 
"A decisão é muito tardia. É justo dizer que está faltando liderança. É caótico se duas semanas antes da temporada você começar a inventar certas regras e formatos de classificação como os discutidos nas últimas duas semanas", disse.
Sebastian Vettel (Foto: Ferrari)
"Não sou fã das mudanças no formato e, falando em nome dos pilotos, ninguém é. Não entendemos o que está errado com o antigo sistema de classificação e a razão de mudar", seguiu.
 
"Posso ver a animação para algumas pessoas com a introdução do elemento da aleatoriedade, mas é importante para o esporte continuar sendo um esporte, então, no fim das contas, o piloto mais rápido sai na frente junto do time mais forte. Esse sempre foi o DNA da F1. É a forma errada de criar o caos. Cria críticas contras os pilotos entre os fãs", encerrou.
 
A entrevista de Vettel foi curta na hora do almoço neste que é o último dia de testes coletivos de pré-temporada em Barcelona. Sebastian, aliás, vem andando muito mais veloz que todos os outros pilotos.

 

VEJA A EDIÇÃO #18 DO PADDOCK GP, QUE TRAZ BATTISTUZZI, ABORDA F1, INDY E STOCK CAR

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;

google_ad_slot = “8352893793”;

google_ad_width = 300;

google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth

document.MAX_ct0 = '';

var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');

var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);

document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube