Vettel diz que Ferrari é mais rápida que Mercedes, mas lamenta falhas na Malásia: “É o que acontece quando se vai ao limite”

Ao passo em que Sergio Marchionne se mostrou muito insatisfeito com os problemas de motor que tiraram Kimi Räikkönen de combate e impediram Sebastian Vettel de lutar pela vitória em Sepang, o alemão minimizou e disse que trata-se de um cenário natural quando o equipamento é exigido ao máximo. O tetracampeão prefere olhar para o ‘copo meio cheio’ e vê “velocidade promissora” na Ferrari

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Sergio Marchionne explodiu ao tomar conhecimento das quebras de motor da Ferrari com Kimi Räikkönen e Sebastian Vettel no fim de semana do GP da Malásia. O presidente da escuderia de Maranello disparou contra os problemas “horríveis” e prometeu mudanças no quadro organizacional e de produção de motores. Mas Vettel procura analisar de outra forma, procurando enxergar as coisas de um lado positivo, destacando todo o potencial de trabalho da Ferrari que, na sua visão, tem um carro mais rápido que o da rival Mercedes.

 
“Definitivamente, não é o ideal ter dois problemas parecidos em dias consecutivos, mas não podemos nos queixar da nossa confiabilidade durante toda a temporada. Isso é o que acontece quando se vai ao limite”, analisou Seb em entrevista à revista alemã ‘Auto Motor und Sport’.
A Ferrari é mais rápida que a Mercedes, analisa Sebastian Vettel (Foto: AFP)
Com a falha no motor enfrentada no último sábado em Sepang, Vettel perdeu a chance de lutar pela pole-position e largou em último. O tetracampeão fez uma brilhante corrida de recuperação, chegou a lutar pelo pódio contra Daniel Ricciardo e cruzou a linha de chegada em quarto, amenizando os prejuízos na luta pelo título contra Lewis Hamilton. De quebra, Seb ainda foi eleito o ‘Piloto do Dia’ pelos fãs da F1.
 
À parte dos problemas, o desempenho geral da Ferrari em Sepang deixa Vettel com uma certeza para o restante da temporada. “A verdade é que temos um carro que pode vencer em qualquer circuito”, garantiu o alemão, fazendo cair por terra o cenário de maior favoritismo da Mercedes em circuitos de alta velocidade, por exemplo.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

“Acho que nós somos mais rápidos que a Mercedes. Foi um fim de semana difícil, mas nossa velocidade é promissora’, complementou.

 
Na mesma linha de Vettel, Räikkönen também é contrário ao discurso do presidente da Ferrari e disse que não é hora de apontar culpados pelas falhas na Malásia. “Não há motivos para culpar ninguém. Obviamente, tivemos um fim de semana difícil, mas tenho certeza de que vamos ter tudo sob controle”, reforçou o ‘Homem de Gelo’.
TORO ROSSO DEMOROU DEMAIS

REBAIXAMENTO SEGUIDO DE AFASTAMENTO DE KVYAT É TUDO, MENOS INJUSTO  

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube