Vettel diz que não perdeu título, mas que “ganhou o piloto que marcou mais pontos que todo mundo”

Sebastian Vettel reconheceu que Lewis Hamilton merece o título de 2018, uma vez que foi o piloto que mais marcou pontos ao longo da temporada. O alemão também fez um exercício de autocrítica e lembrou que nem sempre a Ferrari esteve na posição que queria

Sebastian Vettel chegou ao México depois de uma corrida turbulenta nos EUA, marcada por erros e uma punição. Ainda assim, o alemão foi capaz de terminar a prova na quarta colocação em um dia em que a Ferrari venceu com Kimi Räikkönen, apresentando uma sólida performance, além de uma impressionante velocidade de reta. Mas a recuperação da esquadra italiana vem tardiamente, uma vez que a diferença entre o alemão e o rival Lewis Hamilton está agora em 70 pontos, o que significa que o inglês precisa de apenas um sétimo lugar, neste fim de semana, no Hermanos Rodríguez, para ficar com a quinta taça do mundo.
 
Ao longo da temporada 2018, o ferrarista cometeu muitos erros que abriram caminho para vitória de Hamilton, como aconteceu na Alemanha e na Itália, por exemplo. Perguntado se considera que a derrota neste ano teve mais a ver com seus próprios equívocos do que com a performance do adversário, Vettel disse que não.
 
“Eu sempre vejo da seguinte forma: o campeonato ficou com o piloto que somou muito mais pontos do que todo mundo”, afirmou o #5 em entrevista coletiva, acompanhada pelo GRANDE PRÊMIO, na Cidade do México.
Sebastian Vettel reconheceu o desempenho de Hamilton na briga pelo título (Foto: AFP)

Em seguida, o tetracampeão também fez uma autoanálise, não só de si mesmo, mas também com relação à Ferrari. “Nós poderíamos ter marcado mais pontos, mas, no fim das contas, você tem de perguntar a si mesmo se sempre se colocou em posição de conseguir os resultados que precisava ou queria”, completou. 

 
“Estamos preparados para este final de semana. Vencemos a última corrida e isso foi um resultado importante para a equipe após duras corridas. O humor está bom. Enfim, fizemos progressos, estamos avançando, o que é ótimo. Nosso foco principal é vencer a corrida, e eu acho que sabemos o que devemos fazer para seguir na briga pelo título. Mas, claro, não depende só de nós”, finalizou, lembrando que a chance de se manter vivo na disputa também depende dos resultados de Hamilton.
GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ o GP do México de F1 neste fim de semana com a repórter Evelyn Guimarães.
 

E o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 acontece este ano nos dias 9, 10 e 11 de novembro, no autódromo de Interlagos. Os ingressos para a corrida estão disponíveis no único site oficial do evento: www.gpbrasil.com.br

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube