Vettel evita prever ritmo da Ferrari e brinca: “Não tenho bola de cristal, só tenho duas bolas que não me contam coisas”

Sebastian Vettel pilotou uma empolgante Ferrari em Barcelona. A equipe consegue acompanhar o ritmo da Mercedes, mesmo sem utilizar os pneus mais macios. Mas o tetracampeão não quer fazer previsões – até por não se ver capaz de fazer

A Ferrari está causando uma boa impressão no início da pré-temporada da F1. Após meros três dias de atividades, os italianos começam a ser vistos como principais adversários da Mercedes, que chega em 2017 com a missão de repetir o domínio dos anos anteriores. Nesta quarta-feira (1º), Sebastian Vettel estava com pneus macios e conseguiu acompanhar o ritmo da Mercedes de Valtteri Bottas, que usava ultramacios.
 
Mesmo empolgando e chegando perto da Mercedes, Vettel ainda não quer fazer qualquer previsão sobre o verdadeiro ritmo da Ferrari em 2017. “Foram três dias bons, conseguimos um total de voltas bem decente. Não prestei muita atenção no que os outros estavam fazendo, é sempre difícil de compreender os tempos de volta. Eu não tenho bola de cristal. Tenho outras duas bolas, mas elas não me contam muita coisa”, brincou.
Sebastian Vettel (Foto: Twitter/Ferrari)
“A sensação é melhor do que a do ano passado, mas todo mundo está dizendo isso. Óbvio que é mais rápido por conta do regulamento. Carro diferente, pneus diferentes”, explicou.

Todo mundo fala que os carros são melhores por conta das novidades que a F1 traz em 2017. Os carros da categoria são muito mais velozes, o que pode mascarar qualquer problema no rendimento das equipes.

“A frenagem é melhor, a dirigibilidade é melhor. Você tem muito mais aderência. Em baixa velocidade, quando o efeito do downforce é menor, você aproveita os pneus mais largos e usa a aderência deles. Funciona como aspirina, resolve tudo”, avaliou.

 
Vettel completou 139 voltas no terceiro dia de testes em Barcelona. Foi um dia produtivo e de bons resultados. Só teve problema no final, quando os italianos tiveram uma notícia ruim: faltando dez minutos para o fim da atividade vespertina, a Ferrari do tetracampeão quebrou na reta principal.
 
O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL a primeira semana de atividades da F1 no circuito da Catalunha e traz cobertura 'in loco' com os repórteres Evelyn Guimarães e Thiago Arantes, além do fotógrafo Arnau Puig Hernandez.
 
PADDOCK GP #66 RECEBE LUCAS DI GRASSI, DEBATE F-E E NOVOS CARROS DA F1

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube