Vettel fala em “muito trabalho a fazer”, mas vê dia melhor para Ferrari na Hungria

A dupla da Ferrari terminou a sexta-feira (17) de treinos livres na Hungria com um tom mais otimista. Sebastian Vettel liderou a sessão da tarde e disse que, mesmo usando mais pneus do que seria o ideal, valeu a pena. “Estávamos atrás de confiança”, afirmou

Depois de viver um GP da Estíria desastroso na semana passada, a Ferrari até que teve alguma alegria nesta sexta-feira, com a chegada na F1 à Hungria, para a terceira etapa da temporada 2020. Os treinos livres foram marcados pela instabilidade do tempo. Pela manhã, com pista seca, Lewis Hamilton e a Mercedes lideraram com folga, enquanto Sebastian Vettel e Charles Leclerc foram sexto e sétimo, respectivamente. A escuderia usou a sessão para avaliar parte das novas peças do pacote de atualização, que foi implementado ainda no Red Bull Ring. À tarde, já com a presença da chuva no Hungaroring, o tetracampeão foi o mais rápido. Leclerc ficou com só com a décima marca.

No treino vespertino, no entanto, a dupla foi quem mais andou pelo traçado magiar, o dobro das voltas dos rivais, inclusive. Como resultado, acabaram usando os pneus extras, que podem ser necessários se o fim de semana seguir chuvoso. Ao falar do dia e da decisão, Sebastian disse que valeu a pena o tempo maior de pista para ganhar confiança, especialmente depois de um início de temporada tão difícil.

Charles Leclerc encontrou mais problemas na chuva (Foto: “AFP”)

“Hoje, nós demos um pouco mais de voltas do que os outros com a pista molhada, porque queríamos ver as nossas fraquezas da semana passada e entender o que aconteceu”, afirmou Vettel. “Portanto, há muito trabalho a fazer, mas, no geral, foi um dia melhor”, reconheceu.

“É sempre aquilo de dar e receber, a gente usou muitos pneus, que podem ser necessários depois, mas acho que precisávamos ganhar confiança, então vale a pena”, completou Seb.

Leclerc também terminou o dia com um discurso também otimista. “Não chegamos aqui com tantos elementos novos. É praticamente o mesmo carro. Mas parece que é um carro melhor nessa pista, e isso é bom”, destacou o monegasco.

“À tarde, tive mais problemas, estávamos tentando coisas diferentes e não estava muito feliz com o carro. Estava tentando ganhar confiança na pista molhada, mas, sim, vimos alguns sinais positivos nesta manhã”, concluiu Charles.

A Fórmula 1 volta a acelerar na manhã deste sábado a partir de 7h (horário de Brasília), com o terceiro treino livre, enquanto o treino classificatório está marcado para 10h. O GRANDE PRÊMIO acompanha o fim de semana do GP da Hungria AO VIVO e em TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube