F1

Vettel reclama de poder dos comissários: “F1 não é Copa Jardim de Infância”

O GP da Áustria é mais um que terá destino definido pelos comissários – para incômodo de Sebastian Vettel, que não gosta que “alguém numa cadeira” decida algo. O alemão não tem opinião sobre o lance entre Charles Leclerc e Max Verstappen

Grande Prêmio / VITOR FAZIO, de Berlim
Pela segunda vez em três corridas, o destino do vencedor de um GP da Fórmula 1 fica na mão dos comissários. A polêmica entre Max Verstappen e Charles Leclerc, com o monegasco escapando da pista ao ser ultrapassado pelo holandês neste domingo (30), deixa Sebastian Vettel temeroso: não é justo entregar o poder de decisão para “alguém sentado numa cadeira”.
 
Vettel disse ainda não ter opinião sobre o lance Leclerc-Verstappen, já que ainda não havia assistido. Independente disso, o piloto que perdeu vitória no GP do Canadá por ação dos comissários já se posiciona contra aplicação de punição – mesmo que isso jogue contra o companheiro Charles, que saiu derrotado.
 
“Não assisti ainda. Se não foi justo, não foi justo, mas não gosto que essas coisas sejam passadas para alguém sentado numa cadeira”, disse Vettel. “Não estamos lutando pela Copa Jardim de Infância, eles precisam nos deixar em paz”, seguiu.
Sebastian Vettel terminou em quarto na Áustria (Foto: Ferrari)
Sobre a corrida em si, Vettel não ficou plenamente satisfeito. O alemão terminou em quarto e agora fica imaginando o que poderia ter sido da corrida se não fosse o problema mecânico do Q3, que o obrigou a largar em nono.
 
“Ficamos no quase”, definiu. “Ontem foi um dia que nos prejudicou, ainda mais com o ritmo que tínhamos, e hoje nós poderíamos ter uma corrida melhor. Foi divertido, aproveitei as brigas no fim, eu estava acelerando o tempo inteiro. Talvez eu não esteja plenamente feliz porque a equipe merece ter dois carros no pódio e um no degrau mais alto. Precisamos trabalhar mais e tenho certeza de que temos um carro para vencer”, encerrou.
 
O resultado na Áustria joga Vettel para quarto no Mundial de Pilotos, agora atrás de Verstappen. A próxima etapa da F1 é o GP da Inglaterra, dentro de duas semanas.
 


Paddockast #23
Lágimas em Le Mans




Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.