Vettel reconhece “grande trabalho” de Hamilton, mas se frustra por fim das chances de título em 2015

O aguerrido Sebastian Vettel tentou até o fim da corrida tentar ultrapassar Nico Rosberg para terminar em segundo lugar e adiar para o México a decisão do título mundial. Mas, por muito pouco, não deu para o tetracampeão. Agora, o seu foco e da Ferrari já estão em 2016, um ano que promete ser grande para Maranello

Sebastian Vettel fez um grande GP dos Estados Unidos. O tetracampeão acabou sendo punido em virtude do regulamento pelo fato de a Ferrari ter trocado o motor do seu carro para o fim de semana em Austin e largou em 12º lugar, mas desde o início da prova no Texas foi um dos melhores na pista. Logo na primeira volta, já era o sétimo colocado, e foi evoluindo até ameaçar pra valer a comemoração do título mundial de Lewis Hamilton. Mas as esperanças de Vettel conquistar o penta agora ficam para 2016.
 
O erro clamoroso cometido por Nico Rosberg na fase final da corrida deste domingo colocou Hamilton na liderança, posto que manteve até a bandeirada final na volta 56 no Circuito das Américas. Restava então a empolgante batalha alemã pelo segundo lugar. Vettel atacou Nico até o fim, mas não conseguiu fazer a ultrapassagem e cruzou a linha de chegada em terceiro.
O tri e o tetra: ao lado de Hamilton, Vettel reconhece seu grande trabalho, mas já pensa em 2016
Seb parabenizou o mais novo tricampeão do mundo e reconheceu sua grande temporada. Mas revelou certa frustração por não ter mais chance de brigar pelo título em 2015.
 
“Não é algo muito legal quando você cruza a linha de chegada e sabe que não pode lutar mais pelo título. Mas quero dar os parabéns a Lewis, ele fez um grande trabalho durante o ano inteiro. Nós estamos chegando perto. Talvez, no ano que vem”, declarou o piloto, um dos principais responsáveis pelo renascimento da Ferrari.

“Nós ultrapassamos muito as metas traçadas para este ano. Mas ainda estamos muito famintos”, emendou Seb, com fome de títulos depois de dois anos sem ser campeão. Justamente os dois anos em que Hamilton ocupou seu lugar no topo da F1.

 
Niki Lauda, presidente não-executivo da Mercedes, revelou que ficou preocupado com a aproximação de Vettel perante Rosberg, o que quase adiou para o México a festa pelo tricampeonato de Hamilton. “Eu fiquei muito preocupado com Vettel podendo passar Nico e tudo isso ser adiado.”
 
Mesmo sendo superado por Rosberg no fim do GP dos Estados Unidos, Sebastian ainda sustenta a vice-liderança do campeonato: enquanto Hamilton comemora o título com 327 pontos, Vettel soma 251, quatro a mais em relação ao compatriota da Mercedes.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube