Vettel vê Mercedes “muito forte” em Singapura, mas aposta: “Podemos chegar”

Terceiro mais rápido da sexta-feira de treinos livres em Singapura, Sebastian Vettel terminou o dia longe de Lewis Hamilton, o melhor do dia. Exatos 0s818 atrás, o tetracampeão vê na Mercedes a grande fortaleza na cidade-estado, mas acredita que vai ser possível brigar no sábado

Nas duas últimas etapas, a Ferrari nadou de braçada e foi o grande nome dos treinos livres e da sessão classificatória dos GPs da Bélgica e da Itália. Mas nesta sexta-feira (20), em Singapura, Sebastian Vettel e Charles Lelerc encontraram na Red Bull e, principalmente, na Mercedes, carros muito mais fortes. 
 
A perda de performance da Ferrari na pista de Marina Bay já era esperada, já que o traçado urbano acentua as fragilidades do carro da equipe. 
 
Vettel, que enfrenta críticas por fase ruim na F1, luta para tentar se recuperar perante os fãs e a própria equipe. No segundo treino livre, o mais rápido do dia, Vettel terminou em terceiro, a 0s8 de Hamilton, que fez a volta mais rápida do final de semana até o momento. O dono do carro #5 da Ferrari também fechou o dia atrás da Red Bull de Max Verstappen.
Sebastian Vettel espera a Ferrari mais forte em Singapura no sábado (Foto: Ferrari)

Na visão do alemão, a equipe rival da Ferrari largou na frente em Singapura. “Eu acho que a Mercedes foi muito forte hoje, mas acho que você pode notar isso não apenas na volta e nos tempos. No geral, eles foram melhores”, disse Seb em entrevista a jornalistas após o segundo treino livre.

 
“Da nossa parte, eu acho que podemos fazer melhor, nós podemos melhorar o carro, então vamos ver”, acrescentou o piloto, confiante em poder lutar por uma boa posição no grid de largada na cidade-estado.
 
“Nós podemos chegar mais próximos que hoje, com sorte podemos estar muito, muito próximos, talvez podemos ter uma luta justa na classificação amanhã”, afirmou o piloto, que está em quinto no campeonato, atrás do seu companheiro de equipe, Leclerc.
 
A F1 volta a acelerar em Singapura na tarde deste sábado, ainda manhã no Brasil, a partir de 7h (horário de Brasília), enquanto a sessão que vai definir o grid de largada acontece às 10h. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL. Siga tudo aqui.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar