Vice da F2, Ilott é contratado pela Ferrari como piloto de testes para 2021

Agora está claro o destino de Callum Ilott para o ano que vem: sem espaço na F2 ou na F1 como titular, será reserva da equipe italiana

O vice-campeão da Fórmula 2 na temporada 2020, Callum Ilott, será piloto de testes da Ferrari durante 2021. A confirmação apareceu na tarde desta terça-feira (15) e selou o futuro de Ilott, algo que estava posto como uma das grandes dúvidas do esporte a motor europeu neste fim de ano.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Ilott liderou a F2 por trecho importante do campeonato e conseguiu levar a briga com Mick Schumacher até a última etapa, mas ficou sem vaga no grid da F1 – Schumacher e Nikita Mazepin, para a Haas, e Yuki Tsunoda, escolhido ainda não-oficial da AlphaTauri, foram os que migraram de uma categoria para outra. Entretanto, o inglês ficou também sem espaço na própria F2.

“Estou muito grato de me juntar à Ferrari como piloto de testes a partir do ano que vem. Estou ansioso para contribuir ao trabalho que a equipe faz dentro e fora das pistas, assim como para todas as coisas novas que podemos aprender assumindo essa novo e animador desafio”, afirmou.

“Darei tudo que puder para fazer um bom trabalho e ganhar a maior quantidade possível de experiência para continuar progredindo como piloto. Gostaria de agradecer à Academia Ferrari e a equipe da Ferrari por essa grande oportunidade e seu suporte”, seguiu.

“Tem sido uma honra fazer parte deste programa pelos últimos três anos. Estou grato por continuar nossa jornada em conjunto”, finalizou.

Ilott tem 22 anos recém-comemorados e faz parte da Academia da Ferrari desde 2017, quando ainda fazia parte da Fórmula 3. Durante o dia, o piloto guiou pela Alfa Romeo no teste coletivo em Abu Dhabi.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube