Victor Martins vê decisão acertada da F1 em Spa, mas com “desrespeito em todos os fatos”

Victor Martins concorda que correr não era a melhor solução na Bélgica, mas a linha do tempo que levou à decisão em Spa merece ser bastante criticada pela falta de traquejo da Fórmula 1

Assista aos melhores momentos do GP da Bélgica deste domingo (Vídeo: GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Primeiro de tudo, uma não-corrida dá tanto ou mais trabalho que uma corrida. Lá pelas 9 e pouco da noite de domingo, conversava com Evelyn Guimarães que me sentia, naquele momento, na sala de imprensa de Interlagos ao lado dela, entre definição de conteúdo e comentários aleatórios, pronto para fecharmos o espaço.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Pouco vou discorrer sobre a decisão de não correr na Bélgica: ela é absolutamente correta. Pouco, também, me importa a visão de quem olha para trás e baseia os argumentos colhões de que as coisas eram diferentes nos tempos de Schumacher, Senna, Ickx, Moss, Fangio, Nuvolari, Júlio César ou Noé. Se quer consumir o passado, vai lá ver o Discovery History ou o Viva. Se a F1 quer manter seus pilotos seguros e vivos, é assim de tem de ter, e ponto.

Leia o texto na íntegra no BLOG DO VICTOR MARTINS

VERGONHA NA F1! TUDO SOBRE O NÃO GP DA BÉLGICA | Briefing

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar