Warwick tinha futuro, mas viu carreira afundar após veto de Senna, recorda Vitor Fazio

Derek Warwick negociou com a Lotus para 1986, só que o veto de Ayrton Senna custou ao britânico a grande chance de defender uma equipe forte na F1. No Paddockast, o jornalista Vitor Fazio lamentou o que vê como um talento desperdiçado

Derek Warwick era um piloto consolidado da Fórmula 1 dos anos 1980, mas que nunca conseguiu dar o próximo passo na carreira. Depois de fazer bons trabalhos em equipes médias, nunca veio a chance de vencer ao menos uma corrida. No Paddockast #36, debatendo os melhores pilotos sem vitória da história da F1, Vitor Fazio apontou o momento em que tudo começou a dar errado: quando, em 1986, Ayrton Senna vetou a ida do britânico para a então forte Lotus.
 
O time do GRANDE PRÊMIO formado por Evelyn Guimarães, Rodrigo Berton, Gabriel Carvalho, Vitor Fazio, Pedro Henrique Marum, além do apresentador Gabriel Curty fez suas escolhas. Quer saber quem foram os escolhidos? Ouça no player abaixo ou na sua plataforma preferida:

Paddockast #36
O MELHOR PILOTO SEM VITÓRIA NA F1

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube