Wehrlein vê Ocon como “novo desafio”, mas minimiza troca de parceiro: “Minha responsabilidade é ser mais rápido”

Pascal Wehrlein não se mostrou muito preocupado com a troca de Rio Haryanto por Esteban Ocon. Germânico avaliou que sua função é ser mais rápido que o companheiro de Manor

Pascal Wehrlein não se mostrou muito preocupado com a chegada de Esteban Ocon para assumir a vaga de Rio Haryanto na Manor. O francês vaio estrear na F1 neste fim de semana, no GP da Bélgica.
 
Às vésperas da corrida em Spa-Francorchamps, Werhlein avaliou que sua função segue sendo ser mais rápido que o companheiro de equipe, independentemente de quem esteja ocupando a função.
Pascal Wehrlein afirmou que não consegue comparar sua performance com a de Ocon (Foto: Manor)

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

“Minha responsabilidade é ser mais rápido do que o meu companheiro de equipe”, disse Wehrlein. “Realmente não importa quem seja ele”, seguiu.
 
“Agora é um novo e um novo desafio, então estou ansioso por isso”, comentou.
 
Wehrlein avaliou que não tem como traçar um paralelo entre sua performance e a de Ocon, já que os dois nunca competiram.
 
“Eu realmente não sei, eu nunca guiei contra Esteban, então vamos ver. Em nenhuma série, nunca”, falou. “Não assisti todas as corridas dele, mas algumas corridas do DTM neste ano. Claro, acho que é difícil na primeira temporada no DTM”, contou.
 
“E, sim, eu assisti a GP3 no ano passado, porque eu estava sempre aqui na pista nos fins de semana e não tinha muito para fazer como piloto reserva, então, claro, eu assistia todas as outras categorias”, lembrou.
 
Ainda, Pascal reconheceu que, como piloto mais experiente do time, cabe a ele dar uma mão para que Ocon entre no ritmo rapidamente.
 
“Claro, no time você sempre tem de trabalhar junto e tentar melhorar o máximo que pode o carro. Nós temos algumas pequenas novas peças no carro, e nós temos de dividir o trabalho, claro, e aí você precisa trabalhar junto para encontrar o melhor setup”, comentou.
 
Por fim, Wehrlein contou que tem poucas memórias de sua experiência prévia em Spa-Francorchamps e se disse ansioso para a corrida deste fim de semana.
 
“Estou ansioso pelo primeiro setor, aí o segundo com mais dificuldade, claro, mas acho que os outros times vão reduzir um pouco o nível de downforce para ganhar um pouco de velocidade final, então talvez a diferença seja no segundo setor seja menor do que seria”, ponderou. “Nós sempre esperamos resultados como o da Áustria, mas vamos ver. No geral, me sinto confiante em relação à pista. Deve ser melhor para nós”, concluiu.
PADDOCK GP #43 DEBATE INDY E MOTOGP E FAZ PRÉVIA DA F1

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube