Wolff e Arrivabene concordam e esperam que Pirelli converse com equipes antes de traçar plano para 2017

Toto Wolff e Maurizio Arrivabene, homens-forte de Mercedes e Ferrari, respectivamente, concordam que a Pirelli, agora garantida por mais um triênio como fornecedora de pneus da F1, tem de trabalhar junto às equipes para as mudanças que se avizinham

Desde que a Pirelli e Bernie Ecclestone garantiram que a F1 e a Pirelli têm um acordo para o triênio 2017/19, explodiram pedidos e opiniões de todos os lados. Já que agora apenas a luz verde do Conselho Mundial de Esporte a Motor separa o acordo da oficialização, Toto Wolff, Maurizio Arrivabene e Nico Rosberg deram suas visões – parecidas, nos casos dos executivos.
 
O diretor-executivo da Mercedes celebrou o conhecimento entre as partes. Para Wolff, é importante que as equipes sejam ouvidas pela fábrica de Milão.
 
"Ao menos sabemos cedo o bastante que vai ser nosso fornecedor de pneus. Agora é uma questão de desenvolver as novas regras para 2017, fazer os carros serem mais rápidos, e obviamente o pneu é crucial nisso. Os conhecemos, estamos com eles por muito tempo, então vamos tirar o máximo disso", disse.
Os pneus que a Pirelli vai fazer a partir de 2017 estão causando alvoroço desde já (Foto: Andrew Hone/Pirelli)
"É um desafio fazer um produto que se encaixe para todos. Acho que com um novo contrato temos que sentar e acordar na especificação do pneu baseada na curva que tivemos nos últimos anos", seguiu Toto.
 
O chefe da Ferrari, Arrivabene, lembrou da briga que teve com a Pirelli após o GP da Bélgica, quando a fornecedora de pneus prometeu uma duração que o pneu não tinha – e acabou encerrando com a corrida de Sebastian Vettel, além de colocar o tetracampeão em perigo. No entanto, concordou com Wolff no ponto da relação mais próxima entre equipes e Pirelli.
 
"Tivemos uma discussão de opiniões diferentes em Spa. Então, se eles vão ser o fornecedor de pneus, devemos trabalhar juntos para ajudá-los em termos de desempenho e performance. O último encontro que tivemos, em Monza, Marco Tronchetti Provera designou uma pessoa, Mario Isola, e agora temos uma referência com nossos pilotos e nosso engenheiro técnico. Falam diretamente com ele", contou.
 
"Eles estão, assim como nós, ansiosos por 2017 e sobre como fazer a F1 mais interessante ou mais espetacular. Bernie tomou sua posição porque avaliou tudo que eles estão prometendo vai acontecer", afirmou.
 
Já para Nico Rosberg, fãs também deveriam ser ouvidos. Afinal, apenas eles podem saber de que forma veriam uma F1 mais emocionante. 
 
"Precisamos nos certificar de que os fãs amem o esporte – é disso que precisamos ter certeza. Assim, precisamos discutir o que eles estão analisando. 2017 é oportunidade para fazer uma mudança se for necessário, e é isso em que estamos trabalhando no momento com um grande esforço", falou o vice-campeão mundial.
 
Por fim, Wolff fez uma ressalva divertida, mas verdadeira: quem faz os pneus está sempre errado.
 
"Eu acho que uma fornecedora de pneus só erra. Não importa o que você faça, é criticado. Se você está produzindo um pneu que é espetacular, o piloto vai reclamar sobre se desgastar muito rápido. Se estiver resistente feito uma pedra, vão pedir pneus como Le Mans", encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube