Após cirurgia de sucesso, família diz que Correa deixa CTI ainda na segunda-feira

Juan Manuel Correa segue no CHU de Liège, mas com expectativa de deixar o Centro de Tratamento Intensivo ainda nas próximas horas. O americano se recupera de fraturas nas pernas e lesão na coluna, consequência do acidente da F2

Juan Manuel Correa, outro envolvido no acidente que vitimou Anthoine Hubert no fim de semana de Spa-Francorchamps da Fórmula 2, começa a dar sinais de recuperação. Com fraturas nas pernas e lesão na coluna após acertar Hubert em ‘T’, o piloto americano teve uma cirurgia de sucesso e vive a expectativa de deixar o Centro de Tratamento Intensivo do hospital CHU, na cidade belga de Liège.
 
Com o fim do tratamento intensivo, a família foca em novos sinais de evolução de Correa. Assim, a família vai conseguir retornar com o piloto aos Estados Unidos, onde reside.
 
"Depois de quatro horas de cirurgia, JM começou sua recuperação”, descreveu comunicado divulgado nas redes sociais de Correa. “Ele vai ficar no cuidado intensivo até amanhã [segunda-feira]”, comentou.
Juan Manuel Correa segue em recuperação (Foto: FIA Fórmula 2)

“Sua família, considerando a tristeza desse acontecimento trágico, é grata a todos os fãs que mandaram mensagens. Quando as condições se estabilizarem, JM será transferido para os Estados Unidos”, seguiu.

 
Correa não pôde evitar o impacto com Hubert na saída da Raidillion. O francês havia tocado com Giuliano Alesi e, após bater contra a barreira de pneus, ficou na beira da pista. Correa teve a infelicidade de acertar em cheio o carro de Anthoine, que chegou a ser transferido de helicóptero para Liège, mas morreu pouco depois.
 
Correa, por óbvio, está fora da próxima etapa da F2, que acontece já nesta semana. A corrida é na Itália, em Monza.

Paddockast #31
QUEM NA F1 PASSA DE ANO?

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar