Campeão da GP3, Hubert sobe para F2 com Arden e se junta a Collet em programa da Renault

Anthoine Hubert foi campeão da GP3 em 2018. Para a nova temporada, o francês sobe de categoria: vai para a F2, com a Arden. Além disso, foi confirmado na academia de desenvolvimento de jovens pilotos da Renault

Em 2017, George Russell foi campeão da GP3, para no ano seguinte ser campeão da F2 e, em 2019, fechar com a Williams na F1. É este caminho que Anthoine Hubert espera seguir.

O francês triunfou na GP3 no último ano e, nesta quarta-feira (23), foi anunciado pela Arden como novo piloto da equipe na F2 para 2019.

Aos 22 anos, ele disputou dois anos da categoria agora extinta – antes de ser campeão, foi 4° colocado em 2017, em ambas as ocasiões com a ART.

"Espero que a experiência que a Arden tem, assim como o profissionalismo da HWA (parceira técnica e de engenharia da equipe), possam ser uma boa mistura para que possamos alcançar grandes coisas juntos", disse Hubert.

Hubert foi campeão da temporada 2018 da GP3 (Foto: GP3)

Ele é o 12° nome confirmado na temporada 2019 da F2. Sérgio Sette Câmara, na DAMS, é um dos outros que também estarão na categoria de acesso à F1 neste ano. Ainda faltam vagas, porém: na prória Arden, na Trident e na Campos, há uma disponível; já a Charouz e a MP ainda não divulgaram nenhum nome.

Hubert ainda foi confirmado como novo piloto da academia de desenvolvimento da Renault – um dia depois de Caio Collet, brasileiro de 16 anos que foi campeão da F4 Francesa em 2018.

"Estou me aproximando do meu sonho de estar na F1, então vou trabalhar muito para chegar lá. Usarei a estrutura da Renault para melhorar na F2, acho que isso me fará ficar pronto (para a F1)", completou Hubert.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube