Hauger vê Vips bater sozinho no fim e vence corrida 2 em Baku. Drugovich vai ao pódio

Jüri Vips liderou desde o início, mas bateu no fim e deixou a vitória da corrida 2 em Baku cair no colo de Dennis Hauger. Felipe Drugovich terminou em terceiro

Jüri Vips parecia que sairia ileso na corrida 2 deste domingo (12), em Baku, após manter firme a primeira posição na largada e escapar das confusões ao longo da prova. Mas eis que a cinco minutos do fim, o piloto da Hitech bateu sozinho na parte do Castelo e deixou a vitória cair no colo de Dennis Hauger, da Prema.

Ainda no carro, Vips acusou um problema nos freios para justificar a passada reto. Com a batida, a corrida 2 terminou sob safety-car.

Relacionadas


▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Jüri Vips bateu no fim em Baku (Foto: Reprodução/F2)

Melhor para Logan Sargeant, que também conseguiu passar ileso pelos problemas e completou em segundo. E Felipe Drugovich, líder do campeonato, que teve um início complicado, caindo para o oitavo lugar, mas se recuperou na parada de boxes e, graças aos problemas dos carros a sua frente no fim, completou em terceiro, abrindo ainda mais a vantagem na classificação.

Jehan Daruvala completou em quarto, seguido por Richard Verschoor. Enzo Fittipaldi mais uma vez se beneficiou da estratégia e apareceu numa ótima sexta posição com a Charouz depois de largar apenas em 16º.

Frederik Vesti foi o sétimo colocado, com Marino Sato completando em seguida. Ralph Boschung e Jake Hughes fecharam o grupo dos dez melhores da prova.

Como já era esperado, Baku teve uma clássica corrida com intervenções de safety-car e final dentro do limite de tempo de uma hora. Mas Vips fez valer o privilégio de partir em primeiro e segurou bem a ponta, seguido pelos demais adversários.

Quem não tinha um início muito bom era Drugovich. O brasileiro até manteve o quinto posto nas primeiras curvas, mas logo perdeu posições após o ataque agressivo de Verschoor e completou a primeira volta apenas em oitavo. Enquanto isso, no pelotão de trás, Théo Pourchaire, principal rival do piloto da MP na briga pelo título, pulava de 12º para nono, e Fittipaldi aparecia em 14º, subindo duas posições.

Mas não demorou muito para o safety-car dar as caras em Baku, e os responsáveis foram Amaury Cordeel e Olli Caldwell. Na relargada, Vips seguia firme na ponta, mas fez um movimento de defesa no mínimo questionável ao colocar o carro totalmente na linha de dentro da entrada dos boxes e depois retornar. Porém passou batido para a direção de prova, apesar de algumas reclamações.

Dennis_hauger_baku_F2
Dennis Hauger (Foto: F2)

As paradas de boxes começaram na volta 8, já mostrando que os pneus macios não aguentariam muito no calor de Baku. Primeiro os líderes e, com isso, Drugovich apareceu em quarto. Depois, no décimo giro, o piloto da MP fez o seu pit-stop obrigatório e contou com um ótimo trabalho da equipe para recuperar o terreno perdido. Com os carros realinhados após as paradas, ele aparecia em quinto.

Na volta 12, novamente o carro de segurança entrou em ação, agora por colisão entre Cem Bolukbasi e Roy Nissany. Quem ainda não tinha parado aproveitou para entrar nos boxes, exceto Calam Williams, que seguia em primeiro, mas ainda tendo uma parada obrigatória para cumprir.

A relargada teve vários pequenos incidentes envolvendo Marcus Armstrong e Vips, Pourchaire e Ayumu Iwasa. Com isso, foi a vez do virtual safety-car ser acionado, impedindo as ultrapassagens e obrigando os pilotos a diminuírem a velocidade.

Novo recomeço no giro 18, e os pneus desgastados de Williams não resistiram, com o piloto passando reto na curva 3. A liderança novamente voltava às mãos de Vips, e tudo parecia que terminaria da forma como começou para o piloto da Hitech.

Mas Baku não perdoa erros, e Vips acabou cometendo um que custou a vitória. Fora do carro, o estoniano não conseguia esconder a frustração. Melhor para Hauger, que subiu ao lugar mais alto do pódio pela segunda vez na temporada 2022 da F2.

Fórmula 2 2022, GP do Azerbaijão, Baku, Corrida Especial, Resultado Final:

1D HAUGERPrema 26 voltas
2L SARGEANTCarlin+0.492
3F DRUGOVICHMP+0.946
4J DARUVALAPrema+1.664
5R VERSCHOORTrident+2.776
6E FITTIPALDICharouz+2.970
7F VESTIART+3.149
8M SATOVirtuosi+4.791
9R BOSCHUNGCampos+4.911
10J HUGHESVan Amersfoort+5.263
11T POURCHAIREART+5.307
12M ARMSTRONGHitech+6.015
13J DOOHANVirtuosi+6.902
14A IWASADAMS+7.279
15L LAWSONCarlin+11.575
16C WILLIAMSTrident+12.198
17J VIPSHitechNC
18R NISSANYDAMSNC
19C BÖLÜKBASICharouzNC
20C NOVALAKMPNC
21A CORDEELVan AmersfoortNC
22O CALDWELLCamposNC
Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 2 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.