F2 anuncia calendário para 2020 com Zandvoort na vaga de Paul Ricard

Número de 12 etapas no calendário foi mantido para 2020, mas etapa de França deixa o campeonato para entrada de rodada dupla em Zandvoort, na Holanda. Assim como em 2019, Bahrein abre o campeonato e Abu Dhabi encerra

A F2 anunciou, nesta terça-feira (17), o calendário da temporada 2020. O número de 12 etapas foi mantido, mas com a saída de Paul Ricard, na França, para a entrada de Zandvoort, na Holanda.

 
Repetindo os últimos anos, a abertura da temporada acontecerá no Bahrein. O hiato até a segunda etapa do ano, em Zandvoort, é de quase dois meses. O final do campeonato está marcado para acontecer em Abu Dhabi, em novembro. Todas as etapas da F2 acontecerão em fins de semana da F1.
 
"Na próxima temporada, nosso calendário novamente será formado por 12 rodadas, todas como suporte da Fórmula 1. Mantivemos o número de eventos em comparação aos últimos anos, equilibrando as corridas europeias com as estrangeiras", explicou Bruno Michel, CEO da categoria.
Sérgio Sette Câmara (Foto: FIA Fórmula 2)
"Posso confirmar que mais pistas gostariam de ter a F2, mas como sempre, queremos garantir que nosso campeonato seja acessível, mantendo os custos sob controle e o número de eventos em 12", completou.
 
A Fórmula 3 também oficializou o calendário para a temporada 2020. Seguindo a F2, também substituiu Paul Ricard por Zandvoort, e adicionou a etapa do Bahrein como abertura do campeonato. A temporada também se encerra na Rússia, assim como em 2019.
 

Calendário da temporada 2020 da F2:

  DATA ETAPA
1 21 e 22/3 BAHREIN
2 2 e 3/5 HOLANDA
3 9 e 10/5 ESPANHA
4 22 e 23/5 MÔNACO
5 6 e 7/6 AZERBAIJÃO
6 4 e 5/7 ÁUSTRIA
7 18 e 19/7 INGLATERRA
8 1 e 2/8 HUNGRIA
9 29 e 30/8 BÉLGICA
10 5 e 6/9 ITÁLIA
11 26 e 27/9 RÚSSIA
12 28 e 29/11 ABU DHABI

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube