Gelael atropela fiscais, fica em último, é desclassificado… e ganha uma posição no grid em Baku. Entenda como

Sean Gelael teve um desempenho tenebroso na classificação. Último, atropelou dois fiscais ao ter o carro rebocado, foi desclassificado e, mesmo assim, ganhou um lugar no grid. Isso porque Mahaveer Raghunathan tomou uma punição bizarra ainda no Bahrein e carregou para Baku

Sean Gelael teve uma performance que pode ser considerada histórica na classificação desta sexta-feira (26) da F2 em Baku. Pior na tabela de tempos sem nenhum registro, o indonésio teve um problema de perda de potência, causou uma bandeira vermelha e, dali para frente, conseguiu piorar a situação.
 
Quando os fiscais da pista de rua da capital do Azerbaijão buscaram o carro da Prema de Gelael na curva 7, o piloto viveu uma das cenas mais toscas da temporada do esporte a motor. Sean acabou acelerando e as rodas traseiras passaram nas pernas de dois fiscais que corriam empurrando o bólido. Por sorte, ninguém se feriu.
Sean Gelael larga em último (Foto: Reprodução)

Aquele era o final da participação do piloto da Indonésia na sessão que definiu o grid e, mesmo que não fosse, não faria diferença, já que não fez nenhuma volta rápida e ainda foi desclassificado pelo atropelamento dos fiscais, ou seja, larga em último de qualquer forma, certo? Errado.

 
E é errado por conta de um incidente que foi tão ou mais tosco que o atropelamento dos fiscais azeris. No Bahrein, na primeira rodada dupla da temporada 2019, o novato Mahaveer Raghunathan inovou. O holandês simplesmente passou duas vezes pela linha de chegada e recebeu duas vezes a bandeira quadriculada, uma infração grave.
 

 
O resultado daquilo foi uma punição bastante direta: perda de todas as posições no grid da corrida 1 no Azerbaijão, obrigatoriamente partindo de último no sábado. Pensa que acabou? Pois o piloto holandês ainda tomou uma nova sanção durante os treinos livres por não pesar o carro e, assim, nem de 20º vai partir, mas dos boxes.

Assim, sem tempo, em último, atropelando fiscais e desclassificado, Gelael ainda ganhou uma posição.

Confira como ficou o grid para a corrida 1 da F2 em Baku:

1 N MATSUSHITA Carlin 1:54.555  
2 N DE VRIES ART 1:54.999 +0.444
3 L GHIOTTO UNI-Virtuosi 1:55.037 +0.482
4 S SETTE CÂMARA DAMS 1:55.677 +1.122
5 J KING MP 1:55.704 +1.149
6 M SCHUMACHER Prema 1:55.797 +1.242
7 N LATIFI DAMS 1:55.835 +1.280
8 J AITKEN Campos 1:55.949 +1.394
9 A HUBERT Arden 1:56.138 +1.583
10 R BOSCHUNG Trident 1:56.153 +1.598
11 C ILOTT Charouz 1:56.215 +1.660
12 L DELÉTRAZ Carlin 1:56.326 +1.771
13 G ZHOU UNI-Virtuosi 1:56.454 +1.899
14 G ALESI Trident 1:56.555 +2.000
15 N MAZEPIN ART 1:56.568 +2.013
16 D BOCCOLACCI Campos 1:56.653 +2.098
17 J CORREA Charouz 1:56.936 +2.381
18 T CALDERÓN Arden 1:58.164 +3.609
19 S GELAEL Prema DSQ  
20 M RAGHUNATHAN MP 2:00.747 +6.192

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube