GP2 confirma expectativa e se inscreve em processo seletivo da FIA para virar novo campeonato da F2‏

A GP2 está realmente na disputa para ser o novo campeonato da F2. A categoria já enviou a proposta para a FIA e aguarda a resposta para se tornar, definitivamente, o último passo antes da F1

A GP2 oficialmente está tentando se tornar a nova F2. Nesta sexta-feira (10), a categoria confirmou a inscrição no processo seletivo da FIA para se tornar a nova F2, categoria com mais peso na nova tabela de pontos para obtenção da superlicença.
 
Durante o encontro desta sexta-feira do Conselho Mundial da FIA, não foram definidos os detalhes da F2, ao contrário do que desejava Stefano Domenicali, homem que está tocando o projeto da categoria.
 
O comunicado divulgado pelo Conselho Mundial nesta sexta-feira afirma que a GP2 está na disputa para ser a nova F2 e que a FIA está analisando a proposta da categoria.
A GP2 quer ser a nova F2, categoria que volta para ser o último passo antes da F1 (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
“O Conselho Mundial recebeu a proposta da GP2 para se tornar a nova F2, o último passo antes da F1. A proposta está sendo analisada, as discussões já estão acontecendo e vamos decidir o melhor caminho para a F2”, afirmava o comunicado divulgado.
 
Meses atrás, o chefão da GP2 Bruno Michel confirmou que, mesmo que a GP2 não venha a ser a nova F2, não teme a concorrência da categoria.
 
"Aconteceu no passado, não acho que seja um problema. Claro, não há espaço para dez categorias levarem à F1, e acho que provamos que estamos trabalhando bem. Se você colocar outra categoria, talvez torne a vida mais difícil, mas o importante é ver quem sobrevive – até agora, não temos sido dinossauros", disse. 
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube