Hubert deixa legado: FIA deve agir para minimizar riscos nas batidas em T

No Paddock GP, os jornalistas falaram da importância da FIA estudar a fundo o acidente fatal de Anthoine Hubert e buscar alternativas para minimizar os impactos de uma batida em T, como a que aconteceu com o francês na Bélgica

O acidente fatal de Anthoine Hubert levantou uma série de questões, inclusive no que diz respeito ao fator segurança dos carros da F2 e até da F1. No PADDOCK GP #175, Victor Martins explicou que a tragédia com o francês na Bélgica vai ter de servir de legado para a FIA fazer os devidos ajustes. ASSISTA
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube