Vips controla classificação e conquista pole da Fórmula 2 em Ímola. Drugovich é 12º

Com todas as mudanças de posição comuns numa classificação da Fórmula 2, Jüri Vips ainda conseguiu ficar na ponta por mais de 20 minutos

Sainz perde o carro sozinho e volta a decepcionar Ferrari (Vídeo: F1 TV)

A manhã cheia de chuva e com pista encharcada criou um dia complicado para Fórmula 3 e Fórmula 2, ainda que para a F1, nesta sexta-feira (22), em Ímola. A F2, especialmente, teve o treino atrasado em horas e a classificação movida para mais tarde ainda mais por conta dos atrasos da classificação na F1. Além disso, as bandeiras vermelhas apareceram nos treinos e voltariam na classificação. Em meio a tudo isso, quem bateu as circunstâncias e ficou com a pole-position foi Jüri Vips.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
As corridas do fim de semana na TV e no streaming: 22 a 24 de abril

O piloto estoniano passou quase o tempo inteiro na liderança. Assumiu a ponta com 23 minutos pela frente e perdeu somente por alguns segundos nos minutos finais, quando Ralph Boschung assumiu a dianteira. Rapidamente, recuperou e foi para a pole.

Ayumu Iwasa e Jack Doohan ainda tiveram tempo de superar Boschung. Dennis Häuger, Royn Nissany, Théo Pourchaire, Jehan Daruvala, Marcus Armstrong e Logan Sargeant formaram o top-10. De acordo com o formato do grid invertido, é Sargeant quem sai na pole da corrida sprint.

Já para a dupla de pilotos brasileiros, o top-10 foi visto de fora. Líder do campeonato, Felipe Drugovich larga na 12ª posição, enquanto Enzo Fittipaldi sai em 15º.

Apesar de todos os problemas da F1 um pouco mais cedo, a única interrupção desta classificação foi causada por uma escapada de Olli Caldwell, ainda no começo.

O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do GP da Emília-Romanha AO VIVO E EM TEMPO REAL. No sábado, o dia da F1 começa com o segundo treino livre, às 7h30 [de Brasília, GMT-3]. Depois, às 11h30, o pelotão larga para a corrida sprint. Já na F2, a corrida está marcada para as 12h55.

Felipe Drugovich é o líder do campeonato (Foto: Reprodução/F2)
Paddockast #144: Os pilotos que mais precisam crescer na fase europeia da F1 2022

Confira como foi a classificação:

O dia atribulada da Fórmula 2, com primeiro treino livre atrasado em mais de três horas e a classificação empurrada para frente por conta dos atrasos da F1. A pista seguia molhada, embora não tanto quanto no treino livre. A chuva ficou horas sem aparecer, mas voltou a dar as caras no final da sessão da F1. cerca de 30 minutos antes.

Ralph Boschung foi o ponta do treino, mas quem começou as atividades na classificação saindo em vantagem após a primeira ronda de voltas foi Clement Novalák, companheiro de Felipe Drugovich na MP. Mas duraria bem pouco.

Ao longo dos cinco minutos seguintes, os tempos caíram em cerca de 1s3. Jüri Vips surgia na frente, com 1min41s599, quando Olli Caldwell perdeu o controle do carro da Campos e atravessou a brita, parando no muro. A primeira bandeira vermelha da classificação aparecia com 21 minutos para o fim.

Olli Caldwell causou bandeira vermelha na classificação (Foto: Reprodução/F2)

Vips liderava com Jake Hughes, Boschung, Drugovich e Liam Lawson nas cinco primeiras colocações quando a bandeira verde apareceu e liberou a retomada da atividade.

A luz ainda estava por lá, mas o relógio já marcada 19h30 no horário de Roma quando a classificação chegou à metade. Antes de novas ótimas voltas, mais rodadas e saídas da pista. Nesta ordem, exatamente, com Vips e Marino Sato. As condições do traçado continuavam longe das ideais.

Hughes conseguiu melhorar a volta que dera antes da bandeira vermelha, mas seguia atrás de Vips. Lawson pulava para terceiro, enquanto David Beckmann grudava em Drugovich, em quinto. Logo tanto Beckmann quanto Drugovich perderiam uma posição, porque Enzo Fittipaldi encaixou volta velocíssima para entrar em quarto.

Em seguida, recebeu uma bandeira preta e laranja de aviso para ir aos boxes ver a luz traseira que os carros precisam emanar em dias de chuva, mas que estava sumiu no bólido do brasileiro.

Mesmo com todas as melhoras de volta e mudanças de posição, Vips se mantinha líder até que, com cinco minutos para o fim, Boschung ofereceu uma ameaça de verdade e superou o piloto afiliado à Academia Red Bull de pilotos. Mas Vips respondeu exatamente na volta seguinte e, com 1min40s221, voltou a liderar por margem de 0s2.

O feito de Boschung perdeu feito: Ayumu Iwasa e Jack Doohan ultrapassaram para tomar a segunda e terceira posições, mas Vips se aproximava da pole. E assim foi!

Pole para Vips, enquanto Iwasa, Doohan, Boschung, Dennis Häuger, Roy Nissany, Théo Pourchaire, Jehan Daruvala, Marcus Armstrong e Logan Sargeant formava o top-10 da corrida principal. De acordo com o esquema de grid invertido, é Sargeant quem parte na pole da corrida sprint.

Enquanto isso, Drugovich e Fittipaldi saem, respectivamente, na 12ª e 15ª colocações.

F2 2022, GP da Emília-Romanha, Ímola, Grid de largada

1J VIPSHitech1:40.221 
2A IWASADAMS1:40.378+0.157
3J DOOHANVirtuosi1:40.431+0.210
4R BOSCHUNGCampos1:40.496+0.275
5D HAUGERPrema1:40.572+0.351
6R NISSANYDAMS1:40.621+0.400
7T POURCHAIREART1:40.862+0.641
8J DARUVALAPrema1:40.886+0.665
9M ARMSTRONGHitech1:41.004+0.783
10L SARGEANTCarlin1:41.062+0.841
11D BECKMANNCharouz1:41.129+0.908
12F DRUGOVICHMP1:41.131+0.910
13C NOVALAKMP1:41.173+0.952
14L LAWSONCarlin1:41.199+0.978
15E FITTIPALDICharouz1:41.235+1.014
16F VESTIART1:41.434+1.213
17J HUGHESVan Amersfoort1:41.520+1.299
18A CORDEELVan Amersfoort1:41.592+1.371
19R VERSCHOORTrident1:42.144+1.923
20C WILLIAMSTrident1:42.498+2.277
21O CALDWELLCampos1:42.954+2.733
22M SATOVirtuosi1:43.311+3.090
FÓRMULA 1 2022: TUDO SOBRE A SEXTA-FEIRA DE CLASSIFICAÇÃO EM ÍMOLA | BRIEFING
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar