Markelov aproveita estratégia errada de De Vries e vence corrida 2 da F2 no Bahrein. Sette Câmara volta ao pódio

Nyck de Vries fez um pit-stop e tentou fazer uma estratégia ousada funcionar. Não deu: Artem Markelov ficou com pneus velhos e levou a melhor. Mais atrás, Sérgio Sette Câmara segurou o companheiro Lando Norris e voltou ao pódio

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Parecia que Nyck de Vries tinha tudo nas mãos para vencer a corrida 2 da F2 no Bahrein, disputada neste domingo (8). O belga liderava e tinha um carro veloz. Mas uma estratégia errada pôs tudo a perder: De Vries optou por fazer um pit-stop, que não é obrigatório na prova complementar, e acabou deixando o triunfo com Artem Markelov.
 
De Vries apostou que pneus macios novos teriam enorme vantagem sobre os médios desgastados do resto do grid – o que era verdade, mas não a ponto de recompensar a decisão de ceder a liderança. No fim das contas, o belga cruzou a linha de chegada em quinto.
 
O segundo lugar ficou com Maximilian Gunther, que precisou suar. O alemão foi fortemente atacado por Sérgio Sette Câmara, mas resistiu. O mesmo valeu para o brasileiro: Sette Câmara foi ameaçado ainda mais pelo companheiro Lando Norris, mas segurou o terceiro lugar.
Artem Markelov (Foto: FIA F2)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Norris não venceu a disputa interna da Carlin, mas aproveita a corrida perfeita do sábado para seguir líder do campeonato.
 
Atrás de De Vries, o trio Luca Ghiotto, Ralph Boschung e Nirei Fukuzumi  completou a zona de pontos.
 
A próxima etapa da F2 é em Baku, no Azerbaijão, no fim de semana de 28 e 29 de abril.

Saiba como foi a corrida 2 da F2 no Bahrein

 
Quatro horas antes da largada da F1, ainda na tarde barenita, a F2 estava pronta para a segunda corrida do ano. Maximilian Gunther era o pole, beneficiado pelo grid invertido, e com Sean Gelael em segundo – pelo menos o plano era esse. O indonésio deixou o carro morrer na partida para a volta de apresentação, assim como Nicholas Latifi. Por conta disso, a dupla seria obrigada a largar dos boxes.
 
A largada foi confusa, principalmente porque mais três pilotos – George Russell, Jack Aitken e Santino Ferrucci – deixaram os carros morrerem no grid. Ninguém bateu, mas foi por pouco. Nyck de Vries, segundo no grid, ultrapassou Gunther já no começo e fechou a primeira volta na liderança.
Sérgio Sette Câmara voltou ao pódio no Bahrein (Foto: F2)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Artem Markelov subiu para terceiro e se defendeu bem de Sérgio Sette Câmara, agora quarto. Lando Norris, Luca Ghiotto, Ralph Boschung e Arjun Maini completavam a zona de pontos no segundo giro.
 
A corrida ganhou mais um elemento já na terceira volta. Norris ficou subitamente lento na reta principal, virando alvo fácil para Ghiotto. Parecia um problema mecânico sério, mas o carro da Carlin logo voltou a se comportar normalmente.
 
Mais atrás, quem vinha ganhando terreno era Louis Delétraz. O suíço fechou a primeira volta em nono, mas fez uso do bom ritmo para encaixar duas ultrapassagens e aparecer em sétimo. Outro que fazia manobras – mas mais importantes – era Markelov: o russo colou em Gunther e tomou a segunda posição já na volta 5 de 23.
 
As voltas passavam e Norris dava pinta de estar plenamente recuperado do susto do começo da prova. O carro do britânico parou de apresentar problemas, o que permitiu que o campeão da F3 Europeia desse o troco em Ghiotto, surgindo em quinto novamente. A distância para o companheiro Sette Câmara estava na casa de 1s7.
A largada da corrida 2 da F2 no Bahrein (Foto: FIA F2)
Na volta 10, a corrida começou a ganhar uma cara nova. De Vries, líder, partiu para uma estratégia bem ousada: fazer um pit-stop, não obrigatório na corrida 2, e completar a prova com pneus macios. O resto do grid, por sua vez, seguia com médios. A borracha era melhor, mas o belga agora estava em 13º. O pódio passava a ser formado por Markelov, Gunther e Sette Câmara.
 
A manobra curiosa não foi apoiada pelos adversários diretos – o top-5 inteiro resolveu seguir na pista. O único que foi junto foi Delétraz, que voltou à pista exatamente atrás de De Vries.
 
Com pneus melhores, o belga começou a reagir rapidamente. Latifi, Albon e Maini foram ultrapassados, o que deixava Nyck na zona de pontos novamente, em oitavo. Mas, com oito voltas para o fim, era difícil acreditar que a estratégia ousada do ex-líder valeria a pena.
Maximilian Gunther (Foto: FIA F2)
Enquanto isso, o momento era quase de cessar-fogo entre os quatro primeiros. Markelov, Gunther, Sette Câmara e Norris estavam relativamente próximos, mas não a ponto de brigar por posição.
 
Isso começou a mudar na volta 18. Gunther começou a enfrentar sérios problemas de desgaste de pneu, o que permitiu a rápida aproximação de ambos Sette Câmara e Norris. O brasileiro não podia perder muito tempo atrás do alemão, sob pena de virar presa do britânico.

Sette Câmara acabou preso atrás de Gunther. E Norris veio para cima: o britânico teve duas grandes oportunidades de passar o brasileiro, mas se viu sem espaço. Com poucas voltas para o fim, isso significou mais um pódio para Sérgio na F2, o segundo seguido.

F2 2018, Bahrein, Sakhir, corrida 2:

1 ARTEM MARKELOV RUS RUSSIAN TIME   23 voltas
2 MAXIMILIAN GÜNTHER ALE ARDEN +2.1  
3 SÉRGIO SETTE CÂMARA BRA CARLIN +3.8  
4 LANDO NORRIS ING CARLIN +5.0  
5 NYCK DE VRIES HOL PREMA +10.2  
6 LUCA GHIOTTO ITA CAMPOS +15.6  
7 RALPH BOSCHUNG SUI MP +23.5  
8 NIREI FUKUZUMI JAP ARDEN +24.5  
9 LOUIS DELÉTRAZ SUI CHAROUZ +25.1  
10 NICHOLAS LATIFI CAN DAMS +25.6  
11 ROBERTO MERHI ESP MP +25.8  
12 ANTONIO FUOCO ITA CHAROUZ +26.6  
13 ALEXANDER ALBON TAI DAMS +31.7  
14 ARJUN MAINI IND TRIDENT +36.7  
15 ROY NISSANY ISR CAMPOS +43.9  
16 SEAN GELAEL INA PREMA +57.8  
17 TADASUKE MAKINO JAP RUSSIAN TIME +1:03.8  
18 JACK AITKEN ING ART +1:39.7  
19 GEORGE RUSSELL ING ART +1 volta  
20 SANTINO FERRUCCI EUA TRIDENT +1 volta  

 

CEDO DEMAIS?

ALONSO ENTRA NO ‘MODO EMPOLGOU’ ANTES DO TEMPO

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube