Mazepin termina na frente, é punido e dá vitória para Tsunoda na corrida 1 na Bélgica

Nikita Mazepin suou, mas segurou Yuki Tsunoda até o fim. Em vão: o russo foi punido por se movimentar demais na defesa contra o japonês. Corrida teve acidente forte de Nobuharu Matsushita após contato com Felipe Drugovich

Nikita Mazepin ganhou, mas não levou. O russo se defendeu de Yuki Tsunoda até o fim na corrida 1 da Fórmula 2 em Spa-Francorchamps, realizada neste sábado (29), mas recebeu a pior notícia possível após a linha de chegada. Por defesa considerada desleal, Mazepin recebeu punição de 5s. Melhor para Tsunoda, vencedor.

O lance da discórdia veio na penúltima volta. A direção de prova não gostou do comportamento de Mazepin, claramente com menos ritmo do que Tsunoda e tentando tornar o carro tão largo quanto possível. E essa nem é a única investigação: a Hitech liberou o carro do russo de forma considerada perigosa, o que pode render nova punição mais tarde.

YUKI TSUNODA, POLE; F2; SPA;
Yuki Tsunoda marcou a pole-position da etapa da Bélgica na F2 (Foto: Twitter/F2)

Mick Schumacher completou o pódio em terceiro, mas 5s6 atrás e fazendo corrida solitária. Louis Delétraz foi quarto, enquanto Robert Shwartzman foi quinto. O piloto da Prema não foi brilhante, mas conseguiu resultado importante para o campeonato.

A zona de pontos teve ainda Dan Ticktum em sexto e Guanyu Zhou em sétimo. Roy Nissany, em corrida bem acima da média, foi oitavo e assegurou a pole da corrida 2. Luca Ghiotto e Callum Ilott completaram o top-10.

A corrida começou promissora para Felipe Drugovich, mas acabou em decepção. O brasileiro se envolveu em acidente ainda no começo da prova, e logo com o companheiro Nobuharu Matsushita. Tentando passar por fora na Blanchimont, o brasileiro foi espremido pelo japonês, que furou pneu e foi direto para a barreira de pneus. Felipe perdeu a asa dianteira e acabou em 20°.

Saiba como foi a corrida 1 da Fórmula 2 em Spa-Francorchamps

Antes da largada, a F2 teve um momento especial. Um ano após a morte de Anthoine Hubert, a categoria realizou um minuto de silêncio. Além de todos pilotos e membros de equipe do grid atual, a mãe Nathalie e o sobrevivente Juan Manuel Correa também participou da homenagem.

A largada foi muito conveniente para Yuki Tsunoda, que disparou e viu o resto do pelotão se digladiando. Nobuharu Matsushita subiu para segundo, deixando Nikita Mazepin em terceiro.

Mick Schumacher, Louis Delétraz, Robert Shwartzman, Guanyou Zhou, Felipe Drugovich, Pedro Piquet e Callum Ilott apareciam na zona de pontos também. Quem se deu mal foi Guilherme Samaia, que ficou parado no grid e precisou ser recolhido aos boxes às pressas.

As voltas passavam e Tsunoda disparava. Matsushita fazia grande trabalho ao se consolidar em segundo, mas simplesmente não tinha ritmo à altura, acabou já na terceira volta: Mazepin, Schumacher e Delétraz passaram em espaço de pouco mais de uma volta. Os pneus macios do japonês estavam se deteriorando.

E aí a corrida inteira da MP foi arruinada. Nobuharu ficou extremamente defensivo para estancar a sangria dos pneus gastos, e logo quando tinha o companheiro Drugovich atrás. Felipe foi espremido na Blanchimont, o que levou a um toque da asa dianteira do brasileiro com o pneu traseiro direito do japonês.

Sem controle, Matsushita bateu forte na barreira de pneus. Drugovich seguiu na prova, mas precisando de um pit-stop emergencial e já muito longe de qualquer esperança de pontos. O safety-car virtual foi acionado e durou quatro voltas.

Um toque entre companheiros de equipe terminou com Nobuharu Matsushita na barreira de pneus (Foto: Reprodução/TV)

Na relargada, Tsunoda passou a lidar com Mazepin em segundo. Schumacher era terceiro, mas 6s atrás. Os grandes candidatos ao título, Shwartzman e Ilott, precisavam remar para subir respectivamente de sexto e oitavo.

Na volta 10, Mazepin e Schumacher tentaram algo diferente. Os dois adiantaram a parada obrigatório, trocando macios por médios. Tsunoda veio uma volta depois, e logo se vendo em apuros. A parada da Carlin foi ruim, permitindo que o russo virasse líder.

Dentre os que já haviam parado, uma nova ordem surgia: Mazepin, Tsunoda, Schumacher, Delétraz, Ghiotto e Shwartzman. Zhou liderava, e com Piquet em segundo. Os dois eram os melhores posicionados na estratégia alternativa de largar com médios.

Só que era Mazepin quem ganhava força. O russo começou a forçar o ritmo e fez até a volta mais rápida. O problema é que a vitória, mesmo que viesse, seria com um asterisco: os comissários consideraram que a Hitech liberou o piloto de forma perigosa, incidente que seria investigado após a corrida.

Yuki Tsunoda não conseguiu passar Nikita Mazepin, mas isso nem foi problema (Foto: Reprodução)

A volta 17 de 25 trouxe o fim do ciclo de pits. Zhou era o último dos moicanos, voltando à pista em sexto com macios. Só que era algo breve: com pneus frios, o chinês caiu para nono e viu as chances de pódio diminuírem.

A prova chegava às voltas finais com Mazepin em primeiro, Tsunoda em segundo e Schumacher em terceiro. Delétraz, Shwartzman, Ticktum, Ghiotto, Ilott, Zhou e Piquet eram os outros na zona de pontos.

A briga pela vitória estava indefinida. Tsunoda conseguiu se aproximar rapidamente de Mazepin, que precisava pensar um pouco nos pneus. O nipônico teve a primeira chance de ultrapassar na 20, mas acabou sem espaço na Les Combes.

Outras viriam, sempre no fim da reta Kemmel. E sempre esbarrando no mesmo problema: uma pilotagem bem defensiva de Mazepin, que não dava qualquer brecha. Assim seguiu até a bandeira quadriculada, com Nikita na frente. E não adiantou nada: uma punição de 5s acabou com o sonho.

Fórmula 2 2020, GP da Bélgica, Spa-Francorchamps, Corrida 1:

1Y TSUNODACarlin53:42.53825 voltas
2N MAZEPINHitech+4.430
3M SCHUMACHERPrema+5.639
4L DELÉTRAZCharouz+10.381
5R SHWARTZMANPrema+13.595
6D TICKTUMDAMS+16.218
7G ZHOUUNI-Virtuosi+16.453
8R NISSANYTirdent+20.792
9L GHIOTTOHitech+24.222
10C ILOTTUNI-Virtuosi+25.808
11J VIPSDAMS+28.877
12P PIQUETCharouz+29.776
13M ARMSTRONGART+36.414
14J AITKENCampos+36.613
15M SATOTrident+38.942
16A MARKELOVHWA+44.258
17C LUNDGAARDART+46.051
18G ALESIHWA+47.045
19J DARUVALACarlin+1:32.794
20F DRUGOVICHMP +2:10.717
21G SAMAIACamposNC
22N MATSUSHITAMPNC

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube