Pilotos da Renault, Lundgaard e Zhou garantem vaga na Fórmula 2 em 2020

Christian Lundgaard e Guanyou Zhou foram mantidos no programa de jovens pilotos da Renault e garantiram vagas no grid da Fórmula 2 em 2020. O dinamarquês assinou contrato com a atual campeã ART Grand Prix, enquanto o chinês segue na UNI-Virtuosi

Pilotos da academia da Renault, Christian Lundgaard e Guanyou Zhou permanecerão com a montadora francesa e garantiram contratos para a temporada 2020 da Fórmula 2. Lundgaard assinou com a ART Grand Prix, enquanto Zhou seguirá na UNI-Virtuosi. Os anúncios vieram nesta terça-feira (28).
 
Com 18 anos de idade, Lundgaard foi sexto colocado na temporada passada da Fórmula 3, correndo pela mesma ART Grand Prix e vencendo a corrida 1 na Hungria. O desempenho rendeu uma oportunidade na F2 já na rodada final de 2019, em Abu Dhabi, correndo pela Trident. Ele não pontuou, mas chamou atenção e fechou com o time que ganhou os últimos dois campeonatos de pilotos com George Russell e Nyck de Vries.
Christian Lundgaard (Foto: Reprodução)
Aos 20 anos, Zhou foi uma grata surpresa na temporada 2019 da Fórmula 2. Correndo pela Virtuosi, ele fechou o campeonato na sétima posição, somando cinco pódios ao longo do ano.
 
A Renault confirmou que além de Zhou e Lundgaard, o brasileiro Caio Collet e o inglês Max Fewtrell seguirão na academia do time, que agora também tem o australiano Oscar Piastri, confirmado na F3, e o francês Hadrien David.
 
A temporada 2020 da Fórmula 2 tem início nos dias 21 e 22 de março, com a rodada dupla no Bahrein.
 
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar