Por apenas 0s006, Tsunoda vence duelo contra Daruvala e fatura pole da F2 na Rússia

Com ritmo de classificação muito forte, os carros da Carlin, com dois pilotos do programa da Red Bull, brilharam nesta sexta-feira em Sóchi. Yuki Tsunoda superou Jehan Daruvala pela margem mínima. Pedro Piquet vai largar em 12º

A sexta-feira (25) que marcou a definição do grid de largada da Fórmula 2 em Sóchi foi dominada pela Carlin. A equipe, que conta com dois pilotos do programa de desenvolvimento da Red Bull, vai ocupar a primeira fila do grid de largada da corrida 1 na etapa da Rússia. Com volta avassaladora no fim, Yuki Tsunoda superou o companheiro de equipe Jehan Daruvala por apenas 0s006 para assegurar sua primeira pole na temporada. Tsunoda marcou 1min48s688 na sua melhor passagem.

O japonês, sexto colocado no campeonato, tenta a reação depois de três corridas seguidas sem pontos na Fórmula 2. Líder da temporada, Mick Schumacher vai largar em terceiro com o carro da Prema. O alemão vai dividir a segunda fila com Callum Ilott, da UNI-Virtuosi, enquanto Luca Ghiotto, da Hitech, parte da quinta posição.

Yuki Tsunoda é pole em Sóchi (Foto: Reprodução/TV)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Christian Lundgaard, dinamarquês da ART Grand Prix, larga em sexto, enquanto Robert Shwartzman, da Prema, e Jack Aitken, da Campos, partem logo atrás. Guanyu Zhou, da UNI-Virtuosi, sai em nono, enquanto Nikita Mazepin, que chegou a ocupar a pole provisória, fecha a quinta fila.

Dentre os brasileiros, o mais rápido foi Pedro Piquet, em 12º no grid com o carro da Charouz. Felipe Drugovich, da MP, vai largar em 16º, enquanto Guilherme Samaia, da Campos, fecha a fila de 22 carros em Sóchi.

A corrida 1 da etapa da Rússia da Fórmula 2 está marcada para 4h15 (horário de Brasília) e vai ser transmitida no canal oficial da Fórmula 1 no YouTube.

Saiba como foi a classificação da Fórmula 2 na Rússia

Com o líder do campeonato, Mick Schumacher, puxando a fila, seguido por um dos pilotos da casa, Robert Shwartzman, a Fórmula 2 abriu a sessão que definiu o grid da primeira corrida do fim de semana em Sóchi.

Entre as novidades do fim de semana, a dança das cadeiras iniciada com a saída de Nobuharu Matsushita da MP. Para seu lugar, a equipe holandesa passou a contar com Giuliano Alesi como novo companheiro de Felipe Drugovich. Já na HWA Racelab chamou Jake Hughes, na F3/GP3 desde 2016, para fazer sua estreia na Fórmula 2 no Parque Olímpico.

Mas nas primeiras voltas, nem Shwartzman, nem Schumacher. Quem assumiu a dianteira foi Jehan Daruvala, protegido da Red Bull que corre pela equipe Carlin. O parceiro de time de Yuki Tsunoda marcou 1min49s526, 0s1 mais rápido que o russo da Prema.

Só que o indiano acabou sendo superado minutos depois por outro dos três russos que fazem parte do grid. Nikita Mazepin, que corre em casa assim como Shwartzman e Artem Markelov, assumiu a ponta com 1min49s474, apenas 0s052 mais rápido que Daruvala.

Então, a Carlin voltou à ponta, e com dois carros. Daruvala respondeu com 1min49s068, com direito a melhor tempo nos setores 2 e 3, e Tsunoda subiu para segundo, 0s252 atrás do parceiro. Neste meio tempo, Jüri Vips, que segue no lugar de Sean Gelael no carro da Dams, foi um dos pilotos que teve problemas com a falta de aderência da pista e rodou durante sua volta rápida.

Na reta final da sessão, quando todos os pilotos, com exceção de Vips e Luca Ghiotto, voltaram à pista, Daruvala se mostrou com ritmo ainda mais forte. Imparável, o indiano registrou 1min48s990, ampliando sua vantagem perante os adversários e ficando muito perto da primeira pole na Fórmula 2. O top-3 todo asiático ficou completo depois que Guanyu Zhou marcou 1min49s311 e deixou Callum Ilott, seu colega de UNI-Virtuosi, para trás, em quarto.

Mas Tsunoda parecia decidido a tentar tudo pela pole. Com pneus ultramacios, o japonês virou a melhor parcial no primeiro setor. Na sequência de ótima volta, o pupilo da Honda e da Red Bull registrou 1min48s688 para garantir a pole nos segundos finais. Daruvala bem que tentou dar o troco, mas ficou para trás por meros 0s006.

O top-3 asiático foi desmontado depois que, primeiro, Shwartzman melhorou seu tempo e subiu para terceiro. Em seguida, Schumacher passou para P3, com Ilott novamente em quarto. Ghiotto, que arrancou para fazer suas voltas rápidas no fim da sessão, usou e abusou da experiência para colocar o carro #25 da Hitech em quinto lugar.

Pedro Piquet terminou como o brasileiro melhor colocado, em 12º, com 1min49s680. Felipe Drugovich foi o 16º, enquanto Guilherme Samaia vai largar na última colocação.

Fórmula 2 2020, Rússia, Parque Olímpico de Sóchi, corrida 1, grid de largada:

1Y TSUNODACarlin1:48.688 
2J DARUVALACarlin1:48.694+0.006
3M SCHUMACHERPrema1:48.883+0.195
4C ILOTTUNI-Virtuosi1:49.047+0.359
5L GHIOTTOHitech1:49.230+0.542
6C LUNDGAARDART1:49.252+0.564
7R SHWARTZMANPrema1:49.284+0.596
8J AITKENCampos1:49.306+0.618
9G ZHOUUNI-Virtuosi1:49.311+0.623
10N MAZEPINHitech1:49.474+0.786
11J VIPSDAMS1:49.639+0.951
12P PIQUETCharouz1:49.680+0.992
13L DELÉTRAZCharouz1:49.699+1.011
14M ARMSTRONGART1:49.869+1.181
15J HUGHESHWA1:49.962+1.274
16F DRUGOVICHMP 1:49.976+1.288
17D TICKTUMDAMS1:50.214+1.526
18M SATOTrident1:50.349+1.661
19R NISSANYTirdent1:50.456+1.768
20A MARKELOVHWA1:50.488+1.800
21G ALESIMP1:50.943+2.255
22G SAMAIACampos1:51.375+2.687

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube