Prema, novatos e veteranos: quem briga pelo título da Fórmula 2 em 2021?

Guanyou Zhou, Oscar Piastri, Robert Shwartzman e Jüri Vips iniciam primeira fase da Fórmula 2 2021 despontando ao título

Verstappen domina e vence na casa da Red Bull: os melhores momentos do GP da Estíria (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Com calendário reduzido, mas com o mesmo número de corridas das temporadas passadas, a Fórmula 2 apresenta uma temporada competitiva e equilibrada após três etapas. Só quatro pilotos ainda não pontuaram no campeonato, e o cenário parelho deve se manter na disputa do título.

Com as nove corridas já disputadas, o chinês Guanyou Zhou, da UNI-Virtuosi desponta na liderança do campeonato. Com vitórias em Bahrein e Mônaco, Zhou carrega a experiência ao seu favor na disputa. São três temporadas no campeonato e todas em alto nível.

Apesar de uma etapa longe do ideal em Baku, Zhou se destaca por entender muito bem as classificações, ponto chave para disputar o formato do campeonato. A UNI-Virtuosi é a equipe que melhor consegue equilibrar com a Prema, o que justifica a posição do piloto até aqui.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Guanyu Zhou, piloto de testes da Alpine e líder da F2, assumirá o carro no TL1 do GP da Áustria (Foto: Alpine)

Atrás de Zhou vem Oscar Piastri, que é companheiro do chinês na academia de pilotos Alpine, mas compete pela Prema na Fórmula 2. Estreante na categoria, já chegou mostrando velocidade e virando presença constante no pódio. Apesar de ter talento e equipamentos suficientes, a falta de maturidade no campeonato pode pesar, já que o histórico recente das disputas de título indica melhores desempenhos para pilotos nos segundos ou terceiros anos.

Companheiro de Piastri na Prema, Robert Shwartzman é o principal nome da academia Ferrari no campeonato. Apesar de início regular, se colocou de vez na briga com o desempenho em Baku, com uma vitória e completando todas as corridas no top-5. A falta de gás custou chance de título em 2020, e se mantiver alguma consistência, o jovem russo é nome para entrar forte na briga.

ROBERT SHWARTZMAN; FÓRMULA 2; BAKU; AZERBAIJÃO;
Robert Shwartzman foi um dos grandes nomes da F2 em Baku (Foto: Prema Powerteam)

Quem tem superado assombrações para se consolidar na briga pelo título é o estoniano Jüri Vips. Com a Hitech, o piloto teve uma rodada tenebrosa no Bahrein, muito pelos problemas de confiabilidade. Se recuperou bem, especialmente com duas vitórias em Baku, que o colocam a 15 pontos do líder Zhou. Após um 2020 difícil, Vips finalmente parece ter as condições perfeitas para brigar pelo campeonato. Mesmo com equipamento levemente inferior ao dos três da frente, pode virar um elemento forte na briga.

Dan Ticktum e Théo Pourchaire apresentam bons desempenhos até aqui, mas devem correr por fora na briga pelo título. Tal como Liam Lawson e Felipe Drugovich, que vivem temporadas de instabilidade.

A Fórmula 2 retorna com uma rodada tripla entre os dias 17 e 18 julho em Silverstone, na Inglaterra.

TETO ORÇAMENTÁRIO E NOVO REGULAMENTO JOGAM MERCEDES CONTRA PAREDE

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar