Nissany lidera segundo dia de testes da Fórmula 2 em Barcelona. Drugovich é 9º

Roy Nissany, da DAMS, fechou o segundo dia de testes na Catalunha com o melhor tempo geral, à frente de Richard Verschoor e Ayumu Iwasa. Os brasileiros Felipe Drugovich e Enzo Fittipaldi terminaram, respectivamente, em 9º e 16º

FÓRMULA 1 2022 AO VIVO: FERRARI AMASSA E RED BULL SE DESESPERA NA AUSTRÁLIA | Paddock GP 282

O israelense Roy Nissany terminou o segundo dia de testes coletivos da Fórmula 2 na Espanha na primeira colocação. Nesta quarta-feira (13), o piloto da DAMS anotou o tempo de 1min28s812 para fechar o dia mais de meio segundo à frente de Richard Verschoor, da Trident. O japonês Ayumu Iwasa, companheiro de Nissany na DAMS, foi o terceiro colocado.

Líder do primeiro dia de testes na terça-feira, o súiço Ralph Boschung terminou na quarta colocação com a Campos. O novato Calan Williams, da Trident, completou os cinco primeiros num dia com temperaturas baixas e muito vento na Catalunha.

Líder do campeonato, Felipe Drugovich anotou seu melhor tempo na parte da tarde, com 1min29s969, e terminou na nona colocação geral com a MP Motorsport, atrás de Marcus Armstrong, Théo Pourchaire e Lian Lawson. Jehan Daruvala, da Prema, fechou o top-10. Outro brasileiro do grid, Enzo Fittipaldi, da Charouz, fechou em 16º.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Richard Verschoor foi o segundo colocado (Foto: Fórmula 2)

LEIA TAMBÉM
Gasly assina carta de atletas contra candidata de extrema-direita na França

Todos os cinco primeiros colocados marcaram seus melhores tempos na parte da manhã, que teve muitos indicentes: no total, foram seis bandeiras vermelhas. A primeira foi causada por Marino Sato, que parou sua Virtuosi na reta principal. Em seguida, a curva 5 fez três vítimas, com Iwasa, Jake Hughes e Olli Caldwell perdendo o controle e provocando novas interrupções. As últimas bandeiras vermelhas aconteceram por conta de uma rodada de Juri Vips na curva 11, e um problema mecânico de Caldwell na curva 4.

Gotas de chuva atrapalharam o início da sessão da tarde. Com a pista muito molhada para pneus secos e pouco úmida para pneus de chuva, as equipes preferiram esperar o circuito secar. Pouco a pouco, os tempos foram caindo, e Marcus Armstrong terminou a parte da tarde na frente, com o tempo de 1min29s752. Drugovich foi o segundo colocado, seguido por Juri Vips, Amaury Cordeel e Dennis Hauger.

A sessão da tarde teve apenas uma bandeira vermelha, provocada por Calan Williams, que parou sua Trident na última curva. Logan Sargeant, da Carlin, terminou com o maior número de voltas completadas, com 87 no total.

A Fórmula 2 tem seu terceiro e último dia de testes nesta quinta-feira (14). A terceira etapa da categoria está marcada para os dias 21 a 23 de abril, em Ímola.

Fórmula 2 2022, Testes Coletivos, Barcelona, Dia 2:

1R NISSANYDAMS1:28.812 76
2R VERSCHOORTrident1:29.328+0.51679
3A IWASADAMS1:29.596+0.78450
4R BOSCHUNGCampos Racing1:29.695+0.88374
5C WILLIAMSTrident1:29.702+0.89050
6M ARMSTRONGHitech Grand Prix1:29.752+0.94076
7T POURCHAIREART Grand Prix1:29.837+1.02585
8L LAWSONCarlin1:29.898+1.08685
9F DRUGOVICHMP Motorsport1:29.960+1.14864
10J DARUVALAPREMA Racing1:30.057+1.24564
11J VIPSHitech Grand Prix1:30.148+1.33652
12A CORDEELVan Amersfoort Racing1:30.169+1.35761
13D HAUGERPREMA Racing1:30.169+1.35762
14O CALDWELLCampos Racing1:30.245+1.43369
15L SARGEANTCarlin1:30.385+1.57387
16E FITTIPALDICharouz Racing System1:30.433+1.62183
17F VESTIART Grand Prix1:30.468+1.65684
18C NOVALAKMP Motorsport1:30.950+2.13853
19J DOOHANVirtuosi Racing1:33.954+5.14275
20J HUGHESVan Amersfoort Racing1:35.037+6.22538
21M SATOVirtuosi Racing1:35.275+6.46322
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar