Sem combustível suficiente, Ticktum é desclassificado e Ilott herda vitória na Itália

Após a corrida, o britânico teve de parar na pista e pegar carona com o safety-car até o parque fechado. Christian Lundgaard e Mick Schumacher completam o pódio

Dan Ticktum perdeu a vitória da corrida 2 da Fórmula 2 em Monza. Neste domingo (6), algum tempo após a bandeira quadriculada, a direção de prova desclassificou o piloto por não ter a quantidade mínima de combustível para análise dos comissários.

De acordo com o Artigo 14.6 do regulamento técnico da categoria, os competidores devem garantir uma amostra de 0.8 kg de combustível. Entretanto, a DAMS do britânico não foi capaz de fornecer a quantidade necessária.

Ticktum teve de parar o carro na pista (Foto: Reprodução)

O comunicado emitido pela direção de prova informou que todas as partes foram ouvidas e a decisão foi tomada por conta da brecha do regulamento. A amostra retirada foi de apenas 0.05 kg.

O final da disputa em Monza garantiu uma curiosa cena. Após a bandeira quadriculada, Ticktum parou seu carro na pista por pane seca e subiu no safety-car, que estacionou na posição #1 no parque fechado.

Com isso, a vitória da prova passou para as mãos de Callum Ilott, que tem seu terceiro triunfo de 2020. Quem passou para a segunda colocação foi Christian Lundgaard, com Mick Schumacher terminando no pódio, o oitavo da temporada.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube