F2

Sette Câmara fecha acordo com Carlin e tem Norris como novo companheiro de equipe para temporada 2018 da F2

Depois de um primeiro ano marcado por duas fases bem distintas, mas de crescimento na F2, o mineiro Sergio Sette Câmara dá um passo em frente para disputar a próxima temporada pela tradicional Carlin, que volta à categoria em 2018. Ao seu lado na equipe britânica vai estar o badalado Lando Norris, piloto reserva da McLaren e campeão da F3 Europeia neste ano
Warm Up / Redação GP, de Sumaré
 Sérgio Sette Câmara vai guiar novamente em Macau (Foto: Motopark)

A Carlin está de volta à F2. A equipe britânica, uma das mais tradicionais das categorias de base tanto na Europa como também nos Estados Unidos, confirmou neste domingo (26) sua dupla de pilotos para a temporada que marca seu retorno à F2. Chefiado por Trevor Carlin, o time, que cumpriu as expectativas e anunciou Lando Norris, que foi campeão da F3 Europeia pela equipe neste ano, fechou acordo também com o mineiro Sergio Sette Câmara, por enquanto o único brasileiro garantido no grid da categoria para 2018.
 
Sette Câmara viveu um primeiro ano de evolução na F2. Depois de uma primeira parte de temporada de resultados discretos, o piloto começou a alcançar conquistas mais relevantes a partir do fim de semana da etapa de Spa-Francorchamps, onde venceu pela primeira vez na categoria. No fim de semana seguinte, em Monza, novamente foi ao pódio ao terminar em segundo lugar a corrida 2, marcando seus dois melhores resultados no ano.
 
A próxima temporada vai marcar um novo momento para a F2 com a adoção de um novo carro, com o Halo acoplado e empurrado pelo motor turbo de 620 cv e 3,4 L preparado pela Mecachrome.
Sérgio Sette Câmara vai correr pela tradicional Carlin na temporada 2018 da F2 (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Assim como Norris, Sette Câmara também é um velho conhecido da Carlin, e foi com a equipe baseada em Surrey que o piloto alcançou o pódio na Copa do Mundo de Macau no ano passado, ficando lado do companheiro António Félix da Costa no pódio. Neste ano, correndo pela Motopark, o brasileiro travou duelo com outro piloto da Carlin, Ferdinand Habsburg, na última volta épica no Circuito da Guia.
 
“Assinar com a Carlin é o melhor. Eles são uma equipe de ponta, e sei que eles vão estar lá em cima. Já tive uma experiência anterior com a Carlin em Macau em 2016 e foi incrível terminar em terceiro em uma prova importante com eles. O ambiente dentro da equipe, com os outros pilotos, mecânicos e engenheiros é muito feliz e otimista, então estou ansioso para passar a temporada com a equipe e fazer um grande campeonato”, comemorou Sette Câmara, que destacou o potencial do seu novo companheiro de equipe.
 
“Ter um companheiro de equipe forte como Lando, que é tão respeitado, é muito motivador. Vamos nos pressionar um ao outro ao limite para sermos melhores pilotos e levar a Carlin aos resultados que a equipe merece. Muito obrigado à minha família e aos meus patrocinadores, que fizeram isso ser possível. Estou muito grato por essa oportunidade”, complementou o piloto de 19 anos.
O badalado Lando Norris vai ser o companheiro de equipe de Sette Câmara em 2018 (Foto: McLaren)
Norris também destacou o passo em frente em mais um ano ao lado da equipe britânica. “2018 vai ser meu quarto ano correndo com a Carlin. Trevor lidera um ótimo trabalho na Carlin e me sinto parte da família. É um ambiente amigável e onde me sinto muito à vontade. O ano que vem vai ser uma curva de aprendizado em termos de me acostumar com o aumento da potência, os pneus Pirelli e os pit-stops obrigatórios, mas eu sinto que estou no melhor ambiente possível para lidar com todos esses elementos”, declarou o campeão da F3 Europeia.
 

Trevor Carlin, que teve a chance de trabalhar recentemente com brasileiros como Felipe Nasr, na então GP2, e Matheus Leist na Indy Lights, comemorou o acerto com a dupla de pilotos para 2018 na F2. “Estou muito feliz por conseguir anunciar uma fantástica dupla de pilotos no nosso retorno à categoria de acesso à F1. Com Lando e Sergio, nós temos uma das mais jovens e empolgantes duplas. Estamos extremamente orgulhosos em continuar a quarta temporada consecutiva de nosso relacionamento com Lando”.
 
“E vai ser de grande valia ter a experiência de Sergio nesta temporada quanto aos pneus Pirelli, e sabemos, porque trabalhamos com ele antes, da sua grande velocidade e potencial. Toda a equipe está muito animada com os desafios e a temporada que temos pela frente”, finalizou.
“CHORAVA COMO UM BEBÊ”

FÉLIX DA COSTA REVELA TRISTEZA APÓS PERDER CHANCE NA F1